Guto comenta surto de Covid-19 no elenco: "Impacta demais"

Bahia teve 11 jogadores contaminados e restaram apenas 12 no plantel

Publicado sexta-feira, 14 de janeiro de 2022 às 19:14 h | Atualizado em 14/01/2022, 19:14 | Autor: Da Redação

A semana não tem sido fácil para o Bahia. Na quarta-feira, 13, o clube comunicou um surto de Covid-19 no elenco, que acometeu um total de 11 jogadores do time principal. Com isso, apenas 12 jogadores permanecem nos treinamentos visando a estreia na Copa do Nordeste.

O primeiro compromisso do elenco profissional do Tricolor será no próximo sábado, 22, contra o Sampaio Corrêa, em Salvador. Sem praticamente metade dos jogadores do plantel, o treinador Guto Ferreira falou sobre as dificuldades enfrentadas na gestão tática do grupo. 

“Impacta demais, porque a questão da Covid afasta jogadores dos treinamentos e aí eles vão perdendo os treinos. Neste momento, quanto mais tempo eles ficarem parados, sendo que já vinham de um tempo parados, deixa de ser de 25 e 26 dias e passam a ser de 40 dias, isso demanda um bom tempo para recolocá-los nas condições ideais”, explicou o comandante tricolor.

Com apenas 12 jogadores em mãos, o técnico falou também da dificuldade de montar os treinamentos. Segundo ele, sem boa parte dos jogadores, fica inviável realizar certos tipos de atividade que demandem um número maior de atletas.

“Você deixa de trabalhar em equipe como um todo, perde peças importantes, às vezes deixa de ter jogadores, os trabalhos que são viáveis fazer são apenas os de campo reduzido, porque nesse momento nós estamos trabalhando com 12 jogadores em condições de ir para o jogo sábado e mais alguns que voltaram agora das férias. Isso fica muito difícil, porque eles não fazem o mesmo trabalho se forem para o trabalho acabam que correm risco de lesão e o planejamento fica todo comprometido”, finalizou Guto. 

Publicações relacionadas