adblock ativo

Hernane 'Brocador' atinge marca histórica no Esquadrão

Publicado quinta-feira, 03 de março de 2016 às 22:50 h | Atualizado em 03/03/2016, 21:23 | Autor: Daniel Dórea
Hernane
Hernane -
adblock ativo

Hernane 'Brocador' está fazendo jus ao apelido que ele mesmo deu a si - num rompante de boa auto-estima - quando começou a fazer sucesso defendendo o Flamengo.

Sem contar os dois gols que marcou no amistoso de pré-temporada diante do Santos, o atacante soma oito tentos nos sete primeiros desafios oficiais do Bahia em 2016. E vale ressaltar que Hernane não esteve presente em um deles.

O desempenho - incrementado pelos dois gols marcados na quarta-feira, 2, diante do Confiança -  não é superado por nenhum jogador do Esquadrão no novo século. Quem chegou mais perto foi Souza em 2012, quando ele disputou apenas quatro dos sete duelos iniciais da temporada e balançou a rede sete vezes (veja abaixo a lista completa).

"Os gols estão saindo e as vitórias estão acontecendo. Só quem ganha com isso é o torcedor", afirmou Hernane, após o triunfo por 3 a 0 em Aracaju. Até a rodada de ontem à noite (quinta-feira), ele era o artilheiro isolado da Copa do Nordeste, com cinco gols. No Baiano, tem três tentos e divide o posto com Nino Guerreiro, da Juazeirense.

O Brocador não aprova comparações com a época em que brilhou no Flamengo, mas elas são inevitáveis. Nos seus seis primeiros jogos pelo Rubro-Negro carioca, somou apenas dois gols. No total pelo Fla, disputou 86 jogos e anotou 45 tentos. A média de 0,52 gols por partida é bem inferior à atual, pelo Bahia: 1,33.

Colocando Kieza - destaque em 2015 - como parâmetro, Hernane aparece sempre com números melhores. A média do K-9 com a camisa tricolor foi de 0,49 (35 gols em 72 jogos). E, nos seis embates iniciais pelo Esquadrão, anotou somente dois tentos.

"Procuro sempre fazer o melhor e este ano está sendo maravilhoso, assim como foi no Flamengo em 2013 (36 gols em 58 partidas). Só não gosto de comparar. Quero continuar assim e vamos ver até o fim do ano quantos gols vou fazer", especulou o baiano de Bom Jesus da Lapa, que, mesmo sentindo cãibras, teve de atuar contra o Confiança até o apito final. O técnico Doriva já tinha feito as três alterações até o intervalo, por conta de problemas físicos.

"Apesar das dificuldades, segui tentando. Queria ajudar. O nome daquele jogo foi superação", valorizou.

Descanso merecido

Hernane e os demais atletas que viajaram a Sergipe receberam folga nesta quinta, 3, depois da chegada a Salvador. Únicas exceções foram aqueles que estão em tratamento médico (leia mais na matéria ao lado).

Nesta sexta, 4, às 15h30, todos voltam ao batente visando ao duelo de domingo, 6, com o Bahia de Feira.

Ala é confirmado

O lateral esquerdo João Paulo - que terá acrescido ao seu nome de guerra o sobrenome Gomes, pelo motivo de já haver outro João Paulo no elenco - foi confirmado nesta quinta como o 10º reforço do Tricolor para esta temporada.

O canhoto de 29 anos foi pouco utilizado pelo Palmeiras em 2015. "Tive lesões e perdi espaço, principalmente após a chegada de Egídio. No Bahia, quero retomar minha sequência de jogos", disse ele, em entrevista ao Programa do Esquadrão, na Rádio Sociedade.

No time, ele voltará a atuar ao lado de Hernane. "Jogamos juntos no Flamengo em 2013 e 2014. Ele é um jogador excepcional e somos amigos fora de campo. Espero que possamos ter muitos alegrias aqui, como tivemos no Rio", desejou João Paulo Gomes.

Machucados

Para o confronto de domingo, contra o Bahia de Feira, o Tricolor vai ter pelo menos quatro desfalques por lesão. Três se juntaram ao lateral esquerdo Moisés, que já não atuou contra o Confiança por conta de um estiramento na coxa direita e deve ficar um mês fora.

Danilo Pires, com uma contusão na panturrilha esquerda, Tinga, que teve um estiramento no joelho, e João Paulo, por causa de um problema na virilha, estão vetados. Porém, o prazo para recuperação só sai na semana que vem, quando serão realizados exames.

"Estávamos com um índice bem reduzido de lesões, mas é normal que elas apareçam neste início de temporada", explicou o médico Daniel Araújo.

adblock ativo

Publicações relacionadas