Rodallega afirma estar bem para estreia e comenta relação com a torcida

Publicado sexta-feira, 03 de setembro de 2021 às 23:23 h | Atualizado em 06/12/2021, 15:29 | Autor: Alex Torres

Anunciado pelo Bahia no dia 9 de julho, o atacante Hugo Rodallega terá a oportunidade de fazer a sua estreia com a camisa tricolor no confronto deste sábado, diante do Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro. O atual camisa 9 do Esquadrão recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra o Fluminense e se tornou uma baixa confirmada na equipe de Diego Dabove.

>> Veja tabela de classificação e jogos da Série A

Em coletiva realizada na tarde desta sexta-feira, 3, na sala de imprensa do CT Evaristo de Macedo, o atacante colombiano falou sobre o atual estado físico para entrar em campo com a camisa azul, vermelha e branca. Rodallega reconheceu o momento complicado da equipe e comentou sobre a importância de vencer a equipe do Fortaleza.

"Fisicamente, agora estou bem. Tenho muito tempo trabalhando forte. Estou esperando a oportunidade para poder jogar um pouco mais e tentar ajudar a equipe. Agora estamos passando por um momento um pouco difícil, mas temos que entender que aqui estamos tentando fazer tudo para melhorar e ganhar esses três pontos importantes, agora contra o Fortaleza", projetou o colombiano.

Rodallega chegou ao Bahia após boas temporadas no futebol turco, principalmente com a camisa do Trabzonspor. Apesar dos bons desempenhos, faltou espaço para o atacante na reta final do trabalho de Dado Cavalcanti, demitido em meados de agosto. Sobre o início complicado, o colombiano falou que faltou um pouco de contato com o comandante e afirmou que fez "tudo que estava ao alcance" para que a oportunidade aparecesse.

"Foi um pouco difícil para mim, porque o professor já tinha um estilo de jogo, tinha uma equipe compenetrada, completa. Quando eu cheguei, não tinha muito tempo para falar com ele, para conhecê-lo um pouco melhor. Mas tentei fazer tudo que estava ao meu alcance para, fisicamente, ficar bem. Foi lamentável que ele (Dado Cavalcanti) tenha ido embora", revelou.

Relação com a torcida

Antes mesmo de estrear, Hugo Rodallega passou por um momento desagradável com a torcida tricolor. Logo após a derrota diante do Fluminense, o centroavante foi nas redes sociais pedir que os adeptos também fossem "torcedores durante as derrotas", declaração que desagradou boa parte da torcida.

Questionado sobre a afirmação, o colombiano ratificou a importância de estar todos juntos durante o momento difícil que o Bahia vem atravessando no campeonato. Atualmente, a equipe não vence há oito rodadas, sendo que o último triunfo aconteceu no início de julho, ou seja, há quase dois meses.

"O mais importante é ficarmos todos juntos. Como jogador do Bahia, a torcida do Bahia, os diretores, a parte administrativa. Eu falei isso no Twitter, para ficarmos todos juntos, mais positivos. Conosco, 100% da torcida do Bahia. Mas falei com amigos, com Gilberto, com muitos jogadores. E eles falaram muito bem para mim, de que é uma torcida fantástica, que está todo o tempo com a equipe. E agora precisa ganhar para ficarmos mais tranquilos. Agora estamos trabalhando para isso, e vou tentar ajudar. E o novo técnico me der oportunidade para jogar, ser titular, vou tentar ajudar a equipe", pontuou o jogador.

Publicações relacionadas