Em reformulação, Vitória demite Flávio Tanajura e outros funcionários

Publicado quinta-feira, 02 de dezembro de 2021 às 20:29 h | Atualizado em 06/12/2021, 15:43 | Autor: Alex Torres

As mudanças já começaram dentro do Vitória, após o rebaixamento para a Série C. Nesta semana, o clube deu início a alguns desligamentos dentro do quadro de funcionários. Entre os que deixaram o Leão, está o ex-jogador e auxiliar Flávio Tanajura, o treinador do time sub-20 Lucas Grillo, o preparador físico Ednilson Sena e o fisiologista Alexandre Dortas.

Ídolo do clube, Flávia Tanajura teve quase 25 anos dedicados ao Vitória, sendo nove como atleta e 15 como funcionário, onde desempenhou várias funções. Como jogador, o ex-zagueiro ostenta o posto de atleta com mais jogos com a camisa do Leão da Barra, tendo estado em campo 323 vezes.

Em contato com o Portal A TARDE, Tanajura deu mais detalhes sobre o seu desligamento e agradeceu pelo longo período em que esteve no clube. Ele também contou que está em processo final para concluir o curso de treinadores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), onde conseguirá a Licença Pro, que permite treinar clubes na Libertadores e no exterior.

"Sou grato por tudo que vivi e aprendi, os amigos que fiz, as relações que construí, a vida dá muitas voltas e espero quem sabe um dia retornar em uma outra condição. Mas creio que esse clube é grande e Deus precisa de fato abalar algumas estruturas e estabelecer alicerces mais firmes onde poderemos construir um Esporte Clube Vitória mais sólido [...] Continuarei dando aulas no Rio, na Granja Comary e em São Paulo como instrutor da licença A da CBF, para técnicos de Serie A e continuarei estudando bastante como sempre fiz pra evoluir como profissional", contou Flávio.

Já o treinador do sub-20, Lucas Grillo, usou as suas redes sociais para se despedir do Leão. No clube desde 2018, o comandante trabalhou em diversas em diversas categorias das divisões de base e também treinou o time feminino do Rubro-Negro. Em seu lugar, o Vitória colocou o assistente Ricardo Amadeu.


"Foram 4 anos de muito trabalho. Registro minha gratidão pela confiança que recebi durante esse período. Fizemos história ao levar o nome do futebol feminino do clube ao cenário nacional. Dois meses atrás, assumi o time masculino sub-20 e deixo o Leão na liderança do seu grupo na Copa do Nordeste".

O processo de reformulação deve permanecer no Vitória. A expectativa é que mais mudanças sejam anunciadas nesta sexta-feira, 3, na Toca do Leão. Presidente em exercício, Fábio Mota tem uma coletiva de imprensa marcada para às 10h, onde deve ser divulgado o planejamento do clube para a temporada 2022.

Publicações relacionadas