Rodrigo Chagas fala sobre retorno ao comando do Vitória: "momento mais difícil"

Publicado quarta-feira, 23 de dezembro de 2020 às 12:55 h | Atualizado em 23/12/2020, 13:05 | Autor: Alex Torres*

O novo técnico do Vitória, Rodrigo Chagas, efetivado após a demissão de Mazola Júnior, falou na manhã desta quarta-feira, 23, sobre a expectativa em estar novamente assumindo o comando do clube na disputa da Série B. É a segunda vez na temporada em que o ex-jogador treinará a equipe principal, sendo a primeira como interino.

No primeiro momento, quando Eduardo Barroca deixou o Vitória para ir treinar o Botafogo, Chagas assumiu por quatro jogos e teve seu trabalho elogiado por parte da torcida. Durante o período, foram duas vitórias, um empate e uma derrota, com um aproveitamento de 58,3% dos pontos disputados.

"Muito feliz em poder estar retornando ao comando. Acho que o momento é até mais difícil do que o último. Temos que fazer com que todos os atletas voltem para nossa ideia de jogo, trabalhar como vínhamos trabalhando. Precisamos sair dessa situação. Espero que consiga realizar um grande trabalho, acho que a oportunidade vai fazer com que possa implementar melhor minhas ideias, dentro daquilo que eu penso", afirmou Rodrigo.

O treinador ainda falou sobre o breve recesso que terá até o próximo jogo. Depois da derrota de terça-feira, 22, para o CSA, o Leão só voltará aos gramados em 2021, no dia 3 de janeiro, quando irá receber o Operário-PR, no estádio Manoel Barradas, em Salvador. Esse intervalo será o momento em que Chagas terá que colocar a sua filosofia em prática e buscar os pontos necessários para afastar de vez o risco de rebaixamento.

"Quero fazer o melhor para o nosso clube e nossa torcida, pois sei que se preocupam com a minha pessoa, principalmente pela minha relação com o Vitória enquanto atleta. Darei o meu melhor para sairmos dessa situação, precisamos de energias positivas e muito trabalho. Temos pouco mais de 10 dias para voltarmos, corrigirmos os problemas para o jogo contra o Operário-PR e possamos fazer uma reestreia muito boa", completou o técnico.

*Sob supervisão da editora Keyla Pereira

Publicações relacionadas