adblock ativo

Vitória arranca empate do Cruzeiro na volta de Mancini

Publicado domingo, 30 de julho de 2017 às 18:45 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação
Fernando Miguel segurou o Cruzeiro no Mineirão
Fernando Miguel segurou o Cruzeiro no Mineirão -
adblock ativo

Não era uma partida que traria mudança imediata para Vitória ou Cruzeiro: nenhum dos dois times conseguiria seus objetivos mais próximos com um triunfo – de entrar no G-6, no caso da Raposa, e de ganhar posição na luta contra o rebaixamento, no caso do Leão.

O empate deste domingo, 30, por 0 a 0, acabou sendo um resultado justo para o que foi o jogo: os dois times se defendendo no primeiro tempo e voltando mais ofensivos na segunda etapa.

>> Veja a tabela de classificação

>> Confira os dados estatísticos

O destaque da partida, a reestreia do técnico Vagner Mancini, ficou para o goleiro rubro-negro Fernando Miguel, que fez excelentes defesas e fechou o gol do Leão.

Com a igualdade, o Vitória consegue pontuar depois de quatro rodadas e chega aos 13 pontos, ainda na vice-lanterna do Brasileirão. O próximo compromisso é contra a Ponte Preta, no Barradão, quarta-feira, às 21h. O Cruzeiro soma 23 pontos e é o nono na tabela. Enfrenta o Vasco em disputa direta pelo G-6 na quinta-feira, 3.

A partida

O jogo começou bastante pegado no meio-campo. Atuando mais compacto, especialmente no campo de defesa, o Vitória tentou colocar em prática a orientação de Mancini de reforçar a marcação.

A primeira boa chance foi do Cruzeiro, aos 18 minutos: Thiago Neves conseguiu infiltração e tocou para Diogo Barbosa. Ele cruzou para Sassá, que balançou a rede de Fernando Miguel – mas o bandeirinha marcou impedimento e anulou a jogada, para alívio dos jogadores rubro-negros.

O Cruzeiro passou a pressionar mais, mas não conseguia furar a defesa do Vitória. Ainda no primeiro tempo, a Raposa perdeu dois jogadores por lesão, Elber e Manoel, forçando Mano Menezes a queimar duas substituições.

O Vitória se fechou, mas não conseguia acertar nos contra-ataques e criou poucas chances de gol. Uma delas foi com David, que conseguiu deixar Trelléz de frente para o gol num contra-ataque e, ao receber a bola de volta, por pouco não abriu o placar. Quem salvou foi Fábio, que se antecipou na jogada.

2º tempo

Na segunda etapa o Vitória começou pressionando mais e, logo no segundo minuto de jogo, Uillian Correia mandou uma bomba de fora da área. Acabou passando à esquerda do gol de Fábio.

O jogo ficou mais aberto, com as duas equipes se alternando no campo de ataque. Nos minutos finais, o Cruzeiro avançou quase todos os jogadores e passou a pressionar, exigindo excelentes defesas, em sequência, do goleiro Fernando Miguel.

Cruzeiro x Vitória - 17ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Quando: Domingo, 30, às 19h

Público: 12.471 pagantes

Renda: R$ 174.802,00

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

Assistentes: Helcio Araujo Neves e José Ricardo Guimarães Coimbra (trio do Pará)

Cruzeiro: Fábio, Lucas Romero, Leo, Manoel (Murilo) e Diego Barbosa; Ariel Cabral, Henrique e Elber (Rafinha|); Rafael Sóbis, Thiago Neves e Sassá (Raniel) T. Mano Menezes

Vitória: Fernando Miguel, Caique Sá, Wallace, Kanu e Juninho; Ramon (Cleiton Xavier), Uillian Correia, Carlos Eduardo (René Santos) e Yago (Patric); David e Trelléz T. Vagner Mancini

Cartões amarelos: Cleiton Xavier, Fernando Miguel e Uillian Correia (Vitória), Thiago Neves, Sassá e Ariel Cabral(Cruzeiro)

adblock ativo

Publicações relacionadas