adblock ativo

Hernandes e Pessanha voltam ao judô após lesões

Publicado sexta-feira, 07 de junho de 2013 às 12:07 h | Atualizado em 19/11/2021, 05:21 | Autor: Agência Estado
adblock ativo

Depois nomes importantes do judô brasileiro estão de volta às competições. Hugo Pessanha (100kg) e Daniel Hernandes (+100kg) vão encerrar o longo jejum sem lutar, fruto de sérias lesões, participando do Grand Prix de Miami, entre os dias 15 e 16 de junho, nos Estados Unidos. Os dois participaram durante toda esta semana, em São Paulo, de um camping de treinamento exclusivo para atletas meio-pesados e pesados, organizado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ).

Pessanha estava sem lutar há cerca de um ano e, nesse meio tempo, operou o ligamento cruzado anterior do joelho direito. "O Grand Prix de Miami vai significar, para mim, uma verdadeira estreia no peso novo depois de um ano parado. Eu estou me sentindo muito bem, preparado e espero fazer uma boa apresentação nesse retorno", disse Hugo.

Já Daniel Hernandes terá uma missão duríssima. Também há um ano sem lutar (desde que perdeu a chance de ir aos Jogos de Londres), ele viu Rafael Silva se firmar como um dos melhores do mundo e outros dois concorrentes, David Moura e Walter Santos, entrarem no concorrido Top 10 do ranking mundial.

"Depois de praticamente um ano parado, aproveitei essa semana em que pude treinar com os melhores brasileiros para melhorar e partir em busca de um bom resultado em Miami. Para mim é ruim ter caras do nível deles na categoria porque vai ser mais difícil encostar no ranking mundial. Mas, por outro lado, fico feliz porque para o judô brasileiro isso é ótimo. A longo prazo essa competição interna vai fazer todos da categoria evoluir", comentou Daniel, que ainda é o 35º do ranking.

A seleção brasileira de judô embarca na próxima quarta-feira para os Estados Unidos, sem grandes estrelas. O grupo tem: Raquel Silva (52kg), Bárbara Timo (70kg), Mauro Moura (81kg), Nathália Brígida (48kg), Mariana Silva (63kg), Alex Pombo (73kg), Hugo Pessanha (100kg), Flávia Gomes (57kg), Eric Takabatake (60kg), Luiz Revite (66kg), Leandro Cunha (66kg), Eduardo Santos (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Daniel Hernandes (+100kg) e Walter Santos (+100kg), Mariana Barros (63kg), Breno Alves (60kg) e Felipe Costa (81kg).

adblock ativo

Publicações relacionadas