adblock ativo

Itália tomará decisões sobre o retorno do futebol "nos próximos dias"

Publicado quarta-feira, 22 de abril de 2020 às 17:09 h | Atualizado em 19/11/2021, 10:41 | Autor: AFP
O campeonato está interrompido desde o dia 9 de maio | Foto: AFP
O campeonato está interrompido desde o dia 9 de maio | Foto: AFP -
adblock ativo

O governo italiano anunciou nesta quarta-feira, 22, que "nos próximos dias" serão tomadas decisões sobre um eventual retorno aos treinamentos para os clubes de futebol do país, com o objetivo de encerrar a temporada, interrompida pela nova pandemia de coronavírus.

"Eu tenho ouvido com muita atenção as diferentes posições e, nos próximos dias, depois de consultar o Ministro da Saúde e o Comitê Técnico Científico, aprovaremos as disposições atualizadas sobre a possibilidade e as formas de uma retomada dos treinos", suspensos há um mês e meio, disse o ministro dos Esportes, Vincenzo Spadafora, em um comunicado.

O ministro realizou uma videoconferência com os dirigentes da Federação, com as ligas profissionais e amadores, assim como com os representantes dos jogadores, árbitros, treinadores e médicos.

A federação apresentou o protocolo médico estabelecido para permitir a retomada da competição. Ele contempla que os jogadores possam voltar ao treinamento em pequenos grupos e sob rigorosa supervisão médica a partir de 4 de maio, data em que o governo pretende começar a facilitar as medidas de confinamento impostas na Itália desde 10 de março.

A hipótese seria poder retomar os jogos no final do mês ou no início de junho.

Na terça-feira, 21, todos os clubes da Serie A se mostraram a favor da retomada do campeonato, interrompido desde 9 de março.

Segundo o ministro dos Esportes, a reunião nesta quarta-feira permitiu "aprofundar os aspectos relacionados ao possível retorno do treinamento com maior segurança para esportistas e técnicos de clubes". Ele já havia falado no Senado sobre a retomada das atividades esportivas.

"Esse retorno é necessário não apenas para o valor econômico do esporte, mas também para o seu valor social", afirmou.

adblock ativo

Publicações relacionadas