adblock ativo

Legião brasileira tem 70 nomes na fase de grupos do principal interclubes europeu

Publicado terça-feira, 18 de setembro de 2018 às 07:45 h | Atualizado em 19/11/2021, 09:15 | Autor: Estadão Conteúdo
adblock ativo

Todos os grupos da Liga dos Campeões têm jogadores brasileiros. Apenas três times não têm atleta do País em seus elencos. É o caso, por exemplo, do alemão Borussia Dortmund. O futebol brasileiro é bem representado na competição, com jogadores em clubes de destaques e candidatos ao título.

O principal deles é Neymar, camisa 10 do Paris Saint-Germain, cujo projeto é ganhar a Europa, ultrapassar fronteiras na França e se transformar em um dos gigantes da Liga, como são atualmente Real Madrid e Barcelona, para citar dois exemplos vindos da Espanha.

Neymar trocou o Barcelona e a companhia de Messi para ter notoriedade no projeto do bilionário dono do PSG, o catariano Nasser Al-Khelaifi. Sua contratação mexeu com a Europa, dando novos números às possíveis transferências no continente. Os quase R$ 900 milhões pagos pelo jogador demonstraram o tamanho do apetite do clube francês em ganhar a competição na Europa e assumir papel de novo protagonista na Liga.

A primeira tentativa fracassou. Neymar comandará a segunda ao lado de um jogador que cresceu na Copa do Mundo. Trata-se de Mbappé. O PSG mede forças nessa primeira etapa com Napoli, Estrela Vermelha e Liverpool - finalista na edição passada contra o Real Madrid. Ao lado de Neymar, outros brasileiros brilham: Thiago Silva, Marquinhos e Daniel Alves.

No próprio Liverpool, há brasileiros importantes, e todos com passagens pela seleção. O time inglês, liderado pelo egípcio Mo Salah, tem Roberto Firmino, o goleiro Alisson e o lateral Fabinho no grupo. A campanha anterior credencia o Liverpool a ir longe na disputa.

Os badalados Real Madrid (atual campeão) e Barcelona continuam fortes e valendo-se de jogadores brasileiros bons de bola. A novidade no time de Messi é Arthur, ex-Grêmio. O volante chegou a receber elogios do próprio craque argentino e deve ganhar posição no time muito brevemente. A temporada da Liga dos Campeões deve ter ainda Philippe Coutinho como protagonista. Ele assumiu o papel que era de Neymar no Barcelona e tem combinado bem com Messi e Suárez.

O Campeão Real Madrid tem dois dos principais jogadores do Brasil como titulares: Marcelo e Casemiro. Estão mais do que prontos para a edição. Mas o time perdeu Cristiano Ronaldo e sentirá falta do português. Em compensação, desenvolve o garoto Vinicius Junior, ex-Flamengo, que pode ajudar.

O Manchester City tem Gabriel Jesus, que não fez boa Copa do Mundo, mas que é bom atacante. O mesmo vale para Fernandinho. No Grupo F, o City terá de enfrentar o Shakhtar Donetsk, de alguns brasileiros conhecidos da torcida, como o ex-corintiano Dentinho e Taison, que também esteve na Rússia.

adblock ativo

Publicações relacionadas