Nordestão: Atlético-BA leva virada e é eliminado pelo Fortaleza

O Carcará até saiu na frente, mas terminou goleado por 5 a 1 e disse adeus à competição regional

Publicado terça-feira, 22 de março de 2022 às 21:30 h | Atualizado em 23/03/2022, 02:24 | Autor: Rafael Teles
Leão do Pici saiu atrás do placar, mas não teve dificuldade para dominar a partida no Castelão
Leão do Pici saiu atrás do placar, mas não teve dificuldade para dominar a partida no Castelão -

A Copa do Nordeste 2022 já não tem mais um time baiano na disputa pelo título. O último representante do estado foi eliminado, nesta terça-feira, 22, nas quartas de final. Em partida disputada contra o Fortaleza, na Arena Castelão, o Atlético de Alagoinhas até saiu na frente, mas terminou goleado por 5 a 1 e disse adeus ao Nordestão.

O Carcará abriu o placar logo no primeiro minuto e viveu alguns bons momentos diante do quarto colocado do Brasileirão do ano passado, mas não conseguiu resistir ao poder ofensivo do Leão do Pici. Diante de incontáveis chances criadas, o Tricolor balançou a rede cinco vezes e saiu de campo como justo vencedor.

 

Jon Premium
 

Agora o Atlético concentra as energias na disputa do Campeonato Baiano. O time de Alagoinhas vai medir forças em jogos de ida e volta contra o Bahia de Feira, na semifinal. As datas das partidas ainda não foram definidas. 

O jogo

Nem o mais otimista dos torcedores atleticanos podia imaginar um começo de jogo tão bom para o Carcará na Arena Castelão. No primeiro minuto de bola rolando o representante do futebol baiano no mata-mata da Copa do Nordeste abriu o placar contra o Fortaleza.

O time chegou com perigo ainda antes do ponteiro completar o primeiro giro no relógio. No lance, o Carcará ganhou um escanteio. Depois da cobrança a bola ficou com Thiaguinho, que mandou para a área mais uma vez e viu Cesinha mandar para o fundo das redes. A bola ainda desviou no meio do caminho e complicou a vida do goleiro Max.

A desvantagem no placar não gerou impacto negativo nos donos da casa. O Fortaleza colocou a bola no chão, se mandou para o ataque, e dominou as principais ações da partida nos minutos seguintes. Foram pelo menos três grandes chances criadas até os 15 minutos. Na melhor delas, Lucas Lima acionou Robson dentro da área e o atacante finalizou para fora.

O Carcará voltou a assustar aos 16 minutos, mais uma vez com ajuda da bola parada. Thiaguinho cobrou escanteio e, depois de uma confusão dentro da área, Jerry conseguiu finalizar. Quem salvou o Leão do Pici foi Yago Pikachu, que tirou de cabeça, em cima da linha.

Apesar do susto, o ritmo do jogo seguiu sendo ditado pelo Fortaleza. E de tanto pressionar, o Tricolor chegou ao gol de empate. Lucas Lima começou a jogada com um bom cruzamento para Yago Pikachu, que ajeitou de cabeça para Renato Kayzer. Aí o centroavante finalizou com o pé direito, cheio de estilo, para estufar as redes aos 29 minutos.

O próprio Kayzer quase marcou mais uma vez, aos 33’. Dessa vez o passe veio por baixo, ele dominou tirando do goleiro e chutou de esquerda. Iran, em cima da linha, evitou o pior para o Carcará no Castelão. 

Ainda no primeiro tempo, aos 40 minutos, Moisés acertou a trave para o Fortaleza.  Mas o último ato foi do Atlético. Dionísio cobrou falta e exigiu excelente defesa Maz, aos 46’ da primeira etapa.   

Segundo tempo

No começo da segunda etapa o Carcará conseguiu equilibrar as coisas por cinco minutos, mas dali em diante o Fortaleza voltou a ser dominante, cricou chances e marcou gols para resolver o jogo. A virada veio aos sete minutos, com Moisés. Ele aproveitou uma saída ruim de Fábio e só teve o trabalho de empurra a bola pra o gol vazio da Arena Castelão.

Pouco depois, aos 13’, veio o terceiro gol do Leão do Pici. Renato Kayzer recebeu cruzamento rasteiro de Tinga e marcou o segundo dele na partida desta terça. O quarto gol veio aos 35 minutos, dos pés do argentino  Silvio Romero, mais um a balançar as redes com assistência de Tinga.

Os minutos finais seguiram com o mesmo cenário, e o quinto gol do Leão do Pici veio aos 47 minutos. Hércules deu números finais para a goleada depois de aproveitar rebote oferecido por Fábio. 

Fortaleza 5x1 Atlético-BA - Quartas de final da Copa do Nordeste

Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE

Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Júnior

Assistentes: Rodrigo Guiamarães Pereira e Ailton Farias da Silva (trio de Sergipe)

Cartões amarelos: Ronald e Benevenuto  (Fortaleza); Dionísio, Lucas e Jerry  (Atlético-BA)

Público: 12.946

Renda: R$ 75.270,00

Fortaleza - Max Walef; Tinga, Benevenuto (Ceballos), Titi e Jussa; Ronald (Hercules), Lucas Lima (Felipe), Yago Pikachu e Robson (Romarinho); Moisés e Renato Kayzer (Romero). T: Vojvoda.

Atlético de Alagoinhas - Fábio; Edson (Paulinhoa), Iran, Bremer e Matheus (Caetano); Lucas (Emerson), Dionísio, Jerry e Miller; Cesinha (Leandro Sobral) e Thiaguinho. T: Agnaldo Liz.

Publicações relacionadas