Por pandemia, Japão confirma desistência de organizar Mundial de Clubes

Publicado quinta-feira, 09 de setembro de 2021 às 17:04 h | Atualizado em 09/09/2021, 17:05 | Autor: AFP

O Japão renunciou à organização do Mundial de Clubes de futebol em dezembro por causa das restrições ligadas à crise sanitária, anunciou nesta quinta-feira, 9, a Federação Japonesa de Futebol (JFA).

"Tivemos que tomar essa decisão", disse em coletiva de imprensa o secretário-geral da JFA, Kiyotaka Suhara.

Suhara destacou a dificuldade de estabelecer medidas sanitárias, como prova de vacinação contra a covid-19 ou testes negativos, devido à falta de tempo até o início do torneio.

A federação, que queria organizar a competição para comemorar seu centenário, também argumentou suas dificuldades econômicas devido à pandemia.

A FIFA ainda não decidiu a data e local do torneio, que pode ser adiado para 2022, segundo a agência Kyodo.

A edição 2020 do Mundial de Clubes, disputada em fevereiro de 2021 no Catar, foi vencida pelo Bayern de Munique.

Há vários meses, o Japão enfrenta a quinta onda da pandemia, a mais violenta até agora no país, que obrigou o governo a reforçar as medidas sanitárias.

Publicações relacionadas