adblock ativo

Rebeca Andrade é ouro no salto e prata nas barras do Mundial de ginástica

Publicado às | Atualizado em 06/12/2021, 15:37 | Autor: Da Redação
No domingo, Rebeca Andrade ainda compete pela final da trave | Foto: Philip Fong | AFP
No domingo, Rebeca Andrade ainda compete pela final da trave | Foto: Philip Fong | AFP -
adblock ativo

Destaque na Olimpíadas de 2021, a ginasta brasileira Rebeca Andrade subiu ao pódio duas vezes na madrugada deste sábado, 23, no Campeonato Mundial, novamente no Japão, em Kitakyushu. A atleta repetiu o 1º lugar no salto, obtido em Tóquio, e voltou ao tablado para faturar a prata nas barras assimétricas.

A honraria dourada obtida pela brasileira apenas confirmou o favoritismo que já se esperava para o salto. Em duas apresentações perfeitas, Rebeca obteve notas de 15,133 e 14,800. Segunda a se apresentar, ela ainda precisou aguardar as demais adversários competirem para confirmar o título.

Havia uma expectativa de um desempenho melhor de Rebeca Andrade nas barras assimétricas. Na classificatória, a brasileira avançou em primeiro lugar com muita sobra, entretanto, na apresentação final, ela não conseguiu fazer uma das ligações e perdeu 0,4 em nota partida. Ao final, a ginasta tupiniquim teve nota 14,633, enquanto a chinesa Xiaoyuan Wei recebeu 14,733.

Devido a lesões, Rebeca Andrade chegou a perder três campeonatos mundiais e só havia disputado o torneio uma única vez. Mesmo assim, a brasileira tem despontado como um dos principais nomes a competir com a americana Simone Biles ou, na ausência da atleta dos Estados Unidos, ser a principal protagonista da ginástica.

Para o Brasil, os resultados de Rebeca são ainda mais históricos. Nunca uma mesma atleta havia ganhado duas medalhas em um mesmo Mundial e, consequentemente, muito menos no mesmo dia.

O país só tinha conquistado uma medalha no salto, com um bronze de Jade Barbosa, em 2010, sendo o ouro de Rebeca o primeiro. Já nas barras assimétricas, o país nunca havia subido ao pódio.

No domingo, Rebeca Andrade ainda compete pela final da trave. Mesmo com favoritismo ao pódio, a brasileira foi poupado das apresentações no solo e individual geral.

adblock ativo

Publicações relacionadas