adblock ativo

São Paulo bate Botafogo e divide liderança com o Grêmio

Publicado quarta-feira, 29 de outubro de 2008 às 23:04 h | Atualizado em 29/10/2008, 23:04 | Autor: Agencia Estado
adblock ativo

A cada rodada, o São Paulo cresce no Brasileirão e faz o torcedor acreditar na conquista do tricampeonato. E não foi diferente nesta quarta-feira. Mesmo jogando fora de casa, a equipe venceu o Botafogo por 2 a 1 no Engenhão, em partida válida pela 32.ª rodada.

Além disso, o time do Morumbi contou com a derrota do Grêmio para o Cruzeiro por 3 a 0, no Mineirão, e agora divide a liderança com o clube gaúcho, ambos com 59 pontos. Os paulistas só estão atrás da equipe de Porto Alegre por terem uma vitória a menos - 17 a 16. Na cola dos líderes estão Cruzeiro (3.°) e Palmeiras (4.º), ambos com 58 pontos.

Já o Botafogo deu praticamente adeus nesta quarta à chance de brigar por uma vaga na Libertadores de 2009. Os cariocas seguem em sexto lugar, com 49 pontos. Faltam seis rodadas para o término do Brasileirão.

No confronto desta quarta, após um primeiro tempo com poucas emoções, a etapa final foi emocionante e polêmica. O presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, deixou o gramado dizendo que sua equipe foi prejudicada pela arbitragem.

Tudo porque quando o jogo já estava 2 a 1, aos 30 minutos, o time da casa chegou ao empate, mas o auxiliar assinalou impedimento de Wellington Paulista. O atacante sequer chegou a tocar na bola no chute de Lucas Silva, mas a arbitragem entendeu que ele atrapalhou o goleiro Rogério Ceni.

Antes, aos 16 minutos, o São Paulo havia inaugurado o marcador com Jean, em falha do goleiro Renan, que foi sair jogando e entregou a bola nos pés do adversário. O meia encobriu o arqueiro com classe para fazer o primeiro gol da noite.

O Botafogo deixou tudo igual aos 24, com Wellington Paulista, quando o zagueiro Miranda deu bobeira dentro da área e o atacante chegou chutando para marcar. Quatro minutos depois, o São Paulo atacou em velocidade no contra-ataque e Hernanes fez o gol da vitória.

Após receber passe de Dagoberto dentro da área, o volante aplicou uma finta em Leandro Guerreiro e chutou entre três botafoguenses para marcar o segundo do São Paulo e fazer 2 a 1 no placar.

Ficha Técnica:

Botafogo 1 x 2 São Paulo

Botafogo - Renan; Renato Silva, Edson (Luciano Almeida) e André Luís; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio (Lucas Silva), Diguinho e Zé Carlos (Fábio); Jorge Henrique e Wellington Paulista. Técnico: Ney Franco.

São Paulo - Rogério Ceni, Rodrigo, André Dias, Miranda; Jancarlos, Jean, Hernanes, Hugo (Anderson) e Jorge Wagner; Dagoberto (Bruno) e Borges (André Lima). Técnico: Muricy Ramalho.

Gols - Jean, aos 16, Wellington Paulista, aos 24, e Hernanes, aos 28 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Diguinho, Alessandro e Renato Silva (Botafogo); Hugo, Rodrigo e André Dias (São Paulo).

Árbitro - Sérgio da Silva Carvalho (DF).

Renda - R$ 92.023,00.

Público - 12.356 pagantes.

Local - Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

adblock ativo

Publicações relacionadas