adblock ativo

Surfistas brasileiros são eliminados na repescagem

Publicado quinta-feira, 14 de maio de 2015 às 16:41 h | Atualizado em 14/05/2015, 16:51 | Autor: Da Redação
Alejo Muniz
Alejo Muniz -
adblock ativo

Os surfistas brasileiros Alejo Muniz, Miguel Pupo, David do Carmo e Alex Ribeiro perderam as baterias que disputaram na etapa brasileira do Circuito Mundial de Surf (WSL), na manhã desta quinta-feira, 14, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e foram eliminados na repescagem.

Após mar irregular e adiamento de um dia da competição, os melhores surfistas do mundo entraram novamente na água para continuar a etapa da competição. O brasileiro que chegou mais perto de vencer foi Alejo Muniz. Ele perdeu em bateria equilibrada para o australiano Taj Burrow por 10,74 a 10,20.

Miguel Pupo, também brasileiro, enfrentou Adam Melling. Ele começou mal e tirou apenas a nota 5,17. Após drop no final da bateria, faltando um minuto para o final, Pupo animou a torcida presente na Barra da Tijuca, que acreditou que o atleta poderia virar. A nota, no entanto, foi 6,50, não o 8,93 necessário para ganhar a bateria.

Os favoritos, na repescagem, não eram os brasileiros. Alejo foi chamado para substituir Michel Bourez, que está contundido, Alex Ribeiro foi chamado pelo WQS (segunda divisão do surfe) e David, convidado como representante local. Esse último, embora já tivesse vencido o tricampeão Mick Fanning, não era o favorito da bateria.

O atual campeão mundial, o também brasileiro Gabriel Medina, venceu na terça, 12, o havaiano Fred Patacchia e Alejo Muniz. O surfista passou direto para a terceira fase e é um dos favoritos da competição.

adblock ativo

Publicações relacionadas