Tite diz que Brasil será menos "vertical" diante da Bolívia

Treinador se anima com a possibilidade de quebra de recorde em uma Eliminatória Sul-Americana

Publicado segunda-feira, 28 de março de 2022 às 17:17 h | Atualizado em 28/03/2022, 17:17 | Autor: AFP
Sem Neymar e Vinicius Jr, Tite fará sete mudanças no time titular
Sem Neymar e Vinicius Jr, Tite fará sete mudanças no time titular -

O técnico da seleção brasileira, Tite, alertou que diante da eliminada Bolívia seu time não será "tão verticalizado" como costuma ser, devido à altitude de La Paz, e se animou com a possibilidade de alcançar uma vitória para bater o recorde de maior pontuação em uma Eliminatória Sul-Americana.

"Não vai ter um time tão vertical como temos sido nos últimos jogos porque (a altura de 3.600 metros) não permite, é desumano", disse o técnico em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira, 28, em Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro.

 

Confederação Brasileira de Futebol
 

"Existem outras estratégias, de manutenção de posse de bola. Tomara que o gramado esteja bom. Claro que a gente não vai conseguir colocar o mesmo ritmo, essa velocidade que a gente emprega nos jogos em casa ou em condições normais", acrescentou.

Classificada desde novembro para a Copa do Catar-2022 e líder invicta com 42 pontos em 16 jogos, a Seleção vai bater o recorde de mais pontos nas eliminatórias sul-americanas se vencer, sem os suspensos Neymar e Vinicius Jr, os bolivianos na última rodada do torneio classificatório. 

>>Acompanhe as principais noticias do mundo do esporte

O recorde no atual formato da competição (10 seleções jogando todos contra todos, estabelecido para a Copa da França-1998) pertence à Argentina do técnico Marcelo Bielsa, que somou 43 pontos no caminho rumo ao Mundial da Coreia e do Japão-2002. 

O Brasil tem outra chance de quebrar ou ampliar esse recorde, pois tem um jogo pendente contra a Argentina. Essa partida deveria ter sido disputada em setembro em São Paulo, mas foi suspensa por supostas violações da 'Albiceleste' ao protocolo anticovid. 

Além disso, se vencer a Bolívia, penúltima com 15 pontos, os pentacampeões vão tomar da Bélgica o primeiro lugar no ranking da Fifa.

"Tem significado, sim. Para mim, particularmente, (o importante) é ver a equipe de novo jogar muito bem, de novo conseguir estrategicamente passar por essas adversidades, ter seu futebol representado com qualidade técnica e posse de bola", apontou o técnico.

Sem Neymar e Vinicius Jr, Tite fará sete mudanças no time titular que goleou o Chile por 4 a 0 na quinta-feira, no Maracanã. O goleiro reserva Weverton também ficará de fora devido a uma lesão. 

A seleção brasileira, que viaja para a Bolívia na tarde desta segunda-feira, deve entrar em campo com Alisson no gol, Daniel Alves, Marquinhos, Éder Militão e Alex Telles na defesa, Fabinho, Bruno Guimarães e Lucas Paquetá no meio, e Antony, Philippe Coutinho e Richarlison no ataque.

Publicações relacionadas