Wilson Paim, ex-árbitro assistente e dirigente da FBF, morre aos 79 anos

Publicado domingo, 28 de novembro de 2021 às 13:56 h | Atualizado em 28/11/2021, 14:24 | Autor: Da Redação

Wilson Paim, ex-árbitro assistente e dirigente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), morreu neste domingo, 28, aos 79 anos. Em homenagem, o presidente da Federação, Ricardo Lima, decretou luto oficial de sete dias.

Lima afirmou que perdeu não somente um companheiro de trabalho, mas um amigo. "Paim foi um exemplo como profissional de arbitragem e também como pessoa. Era adorado por todos, só fazia o bem. O que ele fez pela arbitragem vai ser difícil alguém fazer igual. Foram anos de muita dedicação. Ele ensinou e revelou grandes árbitros para o país. Paim nunca será esquecido", escreveu.

Paim é considerado um dos maiores colaboradores do futebol na Bahia. Aos 55 anos, durante um clássico Ba-Vi, em 1988, ele se aposentou dos gramados após atuar em mais de 1,2 mil jogos profissionais.

Em 2001, Paim assumiu a presidência da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol da Bahia, e ficou até 2016, quando passou a ser o presidente de honra.

O presidente Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, que está no Uruguai por causa da Copa Libertadores, também lamentou a partida. "Wilson Paim, para mim foi um pai, irmão, tio, amigo, conselheiro, companheiro, um ser humano digno, honesto, leal e amigo dos amigos. Descansa em paz meu companheiro e que Deus possa conceder o conforto e resignação aos seus familiares e amigos".

Antes do duelo entre Vitória e Vila Nova-GO, que acontece no Barradão neste domingo pela Série B do Brasileirão, será realizado um minuto de silêncio. O sepultamento será realizado neste domingo, às 16h45, no Cemitério Bosque da Paz.

Publicações relacionadas