Atentado suicida contra igreja deixa 20 feridos na Indonésia

Publicado domingo, 28 de março de 2021 às 13:55 h | Atualizado em 28/03/2021, 14:06 | Autor: Da Redação

Um ataque suicida a uma igreja cristã deixou duas pessoas mortas e 20 feridas na ilha de Sulawesi, no centro da Indonésia, neste domingo, 28.

O ministro do Interior, Mahfud MD, disse em entrevista à imprensa que os mortos eram os autores do ataque, que cometeram suicídio ao detonar uma bomba oculta em uma motocicleta.

De acordo com a polícia, os agressores detonaram o explosivo em frente a uma igreja da cidade de Makassar durante uma missa no Domingo de Ramos, que marca o início da Semana Santa.

O presidente indonésio, Joko Widodo, condenou o ataque terrorista e afirmou que a polícia iniciou uma investigação.

“Condeno veementemente esses atos de terrorismo e ordenei ao chefe da polícia que investigue profundamente os culpados e descubra as redes responsáveis”, disse Widodo em nota divulgada poucas horas após o ataque.

O presidente disse que o terrorismo é um crime contra a humanidade e que não tem nada a ver com religião.

O chefe da província de Sulawesi do Sul, Merdisyam, disse à televisão local que os feridos incluíam transeuntes que estavam nas proximidades, bem como fiéis que assistiam à missa.

Em maio de 2018, pelo menos treze pessoas foram mortas em ataques contra três igrejas cristãs na ilha indonésia de Java, no leste do país, que foram reivindicados pelo Estado Islâmico.

A Indonésia, onde 88% da população é adepta ao islamismo, sofreu vários ataques jihadistas nas últimas duas décadas, incluindo o perpetrado na ilha de Bali em 2002, que causou 202 mortes.

Publicações relacionadas