Enchentes atingem mais de quinhentas mil pessoas na China

Norte e centro da China, população é assolada por fortes ondas de calor

Publicado sexta-feira, 24 de junho de 2022 às 14:23 h | Atualizado em 24/06/2022, 14:23 | Autor: Da Redação
Ministério dos Recursos Hídricos do país informou que 113 rios já estão acima dos níveis de alerta, sendo que 7 atingiram níveis históricos
Ministério dos Recursos Hídricos do país informou que 113 rios já estão acima dos níveis de alerta, sendo que 7 atingiram níveis históricos -

As fortes chuvas que assolam 7 províncias no sul da China, já provocaram as maiores enchentes do país. Pelo menos quase 500 mil pessoas foram impactadas. Enquanto isso, províncias no norte e centro do país sofrem com fortes ondas de calor. As informações são da Reuters.

O Ministério dos Recursos Hídricos do país informou que 113 rios já estão acima dos níveis de alerta, sendo que 7 atingiram níveis históricos.

O departamento provincial de gerenciamento de Guangdong, província mais populosa da China, disse que as chuvas atingiram 479.600 pessoas e desmoronaram 1.729 casas. De acordo como divulgado pela agência estatal Xinhua, os danos econômicos chegam a 1,7 bilhão de yuans (R$ 1,3 bi).

Enquanto o sul do país é assolado pelas chuvas, ondas de calor no  norte e centro do país elevam a demanda por eletricidade a níveis recordes. Na última quarta-feira, 22, a agência meteorológica do país emitiu alerta laranja para as províncias de Shandong, Henan e Hebei. A expectativa é que as temperaturas nessas regiões cheguem a 40 ºC.

Em Shangdong, 2ª província mais populosa do país, foi emitido um “alerta vermelho” para altas temperaturas. O calor aumentou a demanda por ar condicionado na região. De acordo com a mídia estatal, a carga máxima de eletricidade na rede de energia atingiu 92 milhões de kW (quilowatt), ultrapassando o recorde de 2020 de 90 milhões de kW.

O primeiro-ministro do Conselho de Estado Li Keqiang visitou na terça-feira, 21, uma empresa de energia térmica em Hebei e prometeu um aumento na capacidade de produção energética do país.

Publicações relacionadas