adblock ativo

Festival celebra independência do Brasil em Nova York

Publicado domingo, 03 de setembro de 2006 às 20:09 h | Atualizado em 03/09/2006, 20:09 | Autor: Agência Estado
adblock ativo

Desde as oito horas da manhã, os estudantes Ricardo Carvalho, 16, e Gustavo Oliveira, 19, esperavam em frente ao palco da 22ª edição do Brazilian Day - o festival de rua que celebra a independência do Brasil em Nova York. A festa começou pouco depois do meio-dia com celebridades da "TV Globo" e o hino nacional cantado por Fagner. Depois disso, vieram as apresentações de Sandy & Júnior e Leonardo e das bandas Calypso e Babado Novo. As duas últimas pretendem lançar DVDs com imagens gravadas no show. "Já é o quarto Brazilian Day que venho e cada ano fica mais animado", diz Gustavo.



A festa começou em 1984 e tomava o quarteirão da rua 46 entre a Quinta e a Sexta avenidas. Hoje ela ocupa 18 quarteirões na região do Little Brazil e reúne cerca de um milhão de pessoas segundo um dos organizadores, João de Matos. A festa, organizada pela agência de viagens Brazilian American Cultural Center, o jornal The Brazilians e a Globo Internacional, também incluiu barraquinhas com artesanato, comida típica brasileira e rodas de capoeira.



Neste fim de semana, feriado prolongado nos Estados Unidos, começou uma nova onda de manifestações pela legalização de imigrantes. Na sexta-feira, a Coalizão pelos Direitos dos Imigrantes e Refugiados de Illinois organizou uma marcha de 4 dias e 73 km entre Chicago e a cidade suburbana de Batavia, oeste do estado. A marcha reuniu 400 pessoas vestindo camisetas com os dizeres "Os interesses dos imigrantes importam".



Para esta segunda-feira, a Coalizão Somos a América organizou uma passeata em Phoenix, Arizona. E a mais esperada ocorrerá nesta quinta-feira, 7 de setembro, em frente à Casa Branca em Washington, DC. Organizada pela Coalizão Nacional dos Imigrantes no Capitólio, a marcha pretende reunir mais de um milhão de pessoas e contará com discursos dos senadores Edward Kennedy e John McCain."Vamos participar com 10 ônibus e 500 pessoas saindo de Boston", diz Fausto Mendes da Rocha, diretor executivo e fundador do Centro do Imigrante Brasileiro em Allston, Massachusetts.

adblock ativo

Publicações relacionadas