Irmã do ditador norte-coreano Kim Jong Un ataca Coreia do Sul: "Tomaremos ações em breve"

Publicado sábado, 13 de junho de 2020 às 19:07 h | Atualizado em 13/06/2020, 20:09 | Autor: Da Redação

Kim Yo Jong, irmã do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong Un, afirmou na tarde deste sábado, 13, que medidas serão tomadas em relação à Coreia do Sul. "Sinto que já é hora de romper com as autoridades sul-coreanas. Tomaremos as próximas ações em breve", afirmou Kim Yo Jong, ao jornal KCNA.

Uma das principais conselheiras de seu irmão respondeu veementemente aos boatos sobre a permissão de Seul, capital da Coreia do Sul, em liberar a divulgação de panfletos críticos a Kim Jong Un.

"Ao exercer o poder que me foi concedido pelo Líder Supremo, pelo Partido e por nosso Estado, ordeno que a entidade encarregada dos assuntos com o inimigo adote a próxima ação decisiva", declarou a irmã do ditador.

Publicações relacionadas