adblock ativo

Japão estabelece limites de áreas para banhos

Publicado quinta-feira, 23 de junho de 2011 às 09:33 h | Atualizado em 23/06/2011, 09:33 | Autor: Agência EFE
adblock ativo

O Ministério do Meio Ambiente japonês estabeleceu nesta quinta-feira (23) limites de radiação para permitir o banho em praias, lagos e rios do país como medida de prevenção por conta da crise registrada na central de Fukushima Daiichi, informou a agência local "Kyodo".

Os limites, submetidos à supervisão da Agência de Segurança Nuclear do Japão, proíbem o banho em áreas onde a água esteja acima dos 50 becquerel de césio radioativo e 30 becquerel de iodo radioativo por litro.

Trata-se de níveis muito mais baixos do que os aplicados de maneira provisória à água potável, que não poderá conter índices superiores aos 200 becquerel de césio radioativo por litro, segundo as metas fixadas pelo Ministério do Meio Ambiente.

O governo deixará nas mãos de cada Administração local a responsabilidade de abrir suas áreas de banho e de medir os níveis de radiação, detalhou a "Kyodo".

O ministro porta-voz, Yukio Edano, indicou nesta quinta-feira que foram analisadas as águas de 135 praias e só se detectou césio radioativo em uma, situada na cidade de Iwaki, na província de Fukushima.

O índice era inferior ao permitido para a água potável, segundo as declarações de Edano, que não detalhou qual foi o nível exato de césio detectado.

adblock ativo

Publicações relacionadas