Não há sobreviventes em queda de avião na China, diz aviação

Aeronave caiu com 132 pessoas a bordo na última segunda-feira

Publicado terça-feira, 22 de março de 2022 às 12:45 h | Atualizado em 22/03/2022, 12:45 | Autor: AFP e Redação
As caixas-pretas também não foram encontradas
As caixas-pretas também não foram encontradas -

Os socorristas não conseguiram encontrar, até o momento, nenhum sobrevivente do acidente do Boeing 737 que caiu na segunda-feira, 21, com 132 pessoas a bordo no sul da China, informou a aviação civil nesta terça-feira, 22.

As caixas-pretas também não foram encontradas. As autoridades consideraram precipitado se pronunciar sobre as causas da queda brutal do avião do voo MU5735 da companhia China Eastern Airlines.

O voo MU735 havia decolado de Kunming (sudoeste) e viajaria até Cantão (sul). No meio do trajeto, perdeu mais de 26.000 pés (quase 8.000 metros) de altitude em apenas três minutos e caiu na região de Guangxi. Um porta-voz do Ministério chinês das Relações Exteriores afirmou que todos os passageiros eram chineses.  

O presidente Xi Jinping se declarou "chocado" com a tragédia e ordenou uma investigação profunda para que as causas do acidente sejam determinadas o mais rápido possível.

Nesta terça-feira, funcionários das equipes de emergência examinavam os pedaços queimados do avião e rastros do incêndio provocado. Um deles especulou que os passageiros teriam sido "totalmente incinerados" pela intensidade das chamas.

Publicações relacionadas