Polícia entra em confronto com manifestantes na Alemanha

Publicado sábado, 20 de março de 2021 às 13:27 h | Atualizado em 20/03/2021, 13:37 | Autor: AFP

A polícia alemã e manifestantes que se opõem às restrições em vigor para conter a pandemia do coronavírus se enfrentaram neste sábado, 20, na cidade de Kassel, no centro da Alemanha, confirmou um jornalista da AFP.

As forças policiais usaram spray de pimenta quando um grupo de pessoas tentou romper um cordão policial para se juntar a outro grupo de manifestantes.

Milhares de pessoas, a maioria sem máscara, reuniram-se na cidade para expressar sua insatisfação com as medidas aplicadas pelas autoridades para reduzir as infecções.

"Isso não é o que um protesto pacífico deveria ser", tuitou a polícia da região de Hesse do Norte.

A polícia reportou "repetidos ataques" contra os serviços de emergência e alertou: "não vamos tolerar ataques deste tipo".

O protesto foi convocado pelo chamado "Querdenker", ou movimento de Pensadores Laterais, que agrupa aqueles que consideram injustificadas as medidas restritivas contra a pandemia.

Sob esse rótulo estão extremistas da esquerda, da direita, adeptos das teorias da conspiração e antivacinas.

Alguns dos participantes brandiram faixas com os dizeres "Chega de confinamento" e "Rebeldes Corona", bem como bandeiras com o lema "Querdenker".

O fundador do movimento, Michael Ballweg, pediu a seus seguidores no final de dezembro que suspendessem os protestos até a primavera.

Segundo os organizadores, o protesto em Kassel atraiu 6.000 pessoas.

No último fim de semana, outras manifestações menores aconteceram em outras cidades alemãs.

Publicações relacionadas