adblock ativo

Editorial - Combate à falsidade

Publicado às | Atualizado em 27/10/2021, 00:00 | Autor: Da Redação
adblock ativo

A aversão à mentira como um indicador de avanço no processo civilizatório ganha força quando o Poder Judiciário cria condições para prisão de disseminadores de conteúdos falsos, as hediondas “fake news”, razão pela qual decidiu entregar-se o caminhoneiro conhecido por “Zé Trovão”, símbolo de comportamento inconsequente por espalhar boatos irresponsáveis.

A obsessiva mania por ocultar verdades e propagar desconhecimento levou à expedição de mandados de prisão de nove aliados e apoiadores de Jair Bolsonaro, todos eles suspeitos de cometer crimes de calúnia, injúria e difamação, entre outros, por meio de divulgações malévolas em redes sociais de internet.

Integra a relação de desatinados ativistas o blogueiro Allan dos Santos, procurado pela Polícia Internacional, pois encontra-se fora do Brasil, denunciado, assim como outros colegas de descaminho, por promover ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal e a esta instituição, um dos alicerces da democracia após a reconstrução civil de 1988.

A pressão legal sobre executantes ou cúmplices de sórdidos estratagemas deve aumentar a lista de foragidos, cabendo aos instrumentos próprios de defesa da cidadania a finalidade de evitar permitir o refúgio dos maus às margens da sociedade, acobertados por suas nefastas lideranças.

A desarticulação das quadrilhas do meio digital adquire causa formal de escudo do Estado Democrático de Direito porque a formação de débil opinião pública pode forjar o crescimento de crenças baseadas em proposições irreais, como resultado da inclusão digital sem a mesma velocidade da devida educação e práticas virtuosas de seus usuários.

A expansão do número de aparelhos celulares e o alcance de suas facilidades tecnológicas vêm viabilizando uma mentalidade média exposta a absurdos, como campanhas antivacina e a construção das imagens tortuosas de adversários do negacionismo, representado no bando disposto a distribuir tontices a granel, em criminosa malícia, ora sob mira das instituições da república.

adblock ativo

Publicações relacionadas