ACM Neto diz que Bolsonaro errou mais do que acertou

Democrata votou em Bolsonaro e alega não ter sido procurado por Haddad, apesar de boa relação com petista

Publicado terça-feira, 21 de dezembro de 2021 às 11:51 h | Atualizado em 21/12/2021, 13:28 | Autor: Da Redação

Ex-prefeito de Salvador e pré-candidato a governador da Bahia, ACM Neto (DEM) disse não ter receio de estar vinculado à “A, B ou C” para a eleição presidencial de 2022 porque, no seu ponto de vista, os baianos lhe conhecem. As declarações foram dadas em entrevista à Rádio Metrópole nesta terça-feira, 21.

Na mesma ocasião, o Democrata alegou que o candidato em que votou no segundo turno na eleição presidencial de 2018, Jair Bolsonaro (PL), errou mais do que acertou, mas que o outro candidato no pleito, Fernando Haddad (PT), não o procurou. “Eu até tenho boa relação [com Haddad]. Ele não propôs fazer uma coisa mais ampla naquele momento”, justificou.

Sua preferência no primeiro turno pelo candidato Geraldo Alckmin, na época no PSDB, se dava apesar da consciência do prognóstico negativo. “Eu sabia que ele [Alckmin] ia ter 4% dos votos, como teve. Mas eu fiquei até a última hora. Naquele momento, muita gente do meu partido, do meu grupo político, já tinha anunciado apoio a Bolsonaro, e eu me recusei”, alegou.

O voto no segundo turno, para ACM Neto, teve a ver com o “antipetismo”, “Declarei o meu voto e votei, como mais de 50 milhões de brasileiros fizeram a mesma coisa, na expectativa que alguma coisa diferente pudesse acontecer na política”. 

Publicações relacionadas