Geraldo Jr. cobra pagamento de piso a agentes de endemias

Presidente da Câmara de Salvador reforça cobrança após aprovação do pagamento em Saubara

Publicado sábado, 23 de julho de 2022 às 09:55 h | Atualizado em 23/07/2022, 09:55 | Autor: Da Redação
Presidente da Câmara cobra do prefeito Bruno Reis pagamento de piso nacional a agentes de endemias
Presidente da Câmara cobra do prefeito Bruno Reis pagamento de piso nacional a agentes de endemias -

Mais um município baiano se adequou à emenda constitucional que instituiu o piso nacional dos agentes de endemias, aumentando a pressão sobre o prefeito de Salvador Bruno Reis (União Brasil). A adoção do piso da categoria tem motivado uma troca de farpas entre o chefe do executivo municipal e o presidente da Câmara, Geraldo Júnior (MDB).

Nesta sexta-feira, 22, foi a vez de Saubara, pequeno município do recôncavo baiano, aprovar um projeto de lei contemplando o piso nacional dos agentes de saúde e combate à endemias. A medida aguarda apenas a sanção da prefeita, Márcia de Bolinha (Avante) e foi comemorada pelo Sindacs, sindicato que representa a categoria.

Geraldo Junior aprovou emenda semelhante no projeto de lei que reajustou o salário dos servidores de Salvador, tornando obrigatório pagamento do piso nacional aos Agentes de Saúde e Combate à Endemias da capital baiana. Mas a mesma foi vetada pelo prefeito Bruno Reis.

"Doa a quem doer, mas continuarei a defender continuamente o pagamento do piso nacional aos trabalhadores, sem um direito a menos. Se Saubara pode, por que Salvador não pode"?, questiona Geraldo Júnior.

"Nossa defesa é intransigente, pois desde maio esses servidores tentam receber seus direitos constitucionais garantidos e encontram as portas da prefeitura fechadas, e olhe que esses recursos são repassados pelo governo federal", conclui o presidente da Câmara.

Publicações relacionadas