Bolsonaro é o 2º presidente que mais trocou ministros desde a redemocratização

Publicado domingo, 27 de dezembro de 2020 às 17:23 h | Atualizado em 27/12/2020, 17:27 | Autor: Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é o segundo chefe de estado que mais fez trocas de ministros em seus primeiros dois anos de mandato desde a redemocratização. De acordo com a CNN, foram 14 mudanças de ministros em 24 meses de governo. A ex-presidente Dilma Rousseff segue em primeiro lugar, com 19 substituições no mesmo período.

O levantamento foi feito por meio da análise do governo dos ex-presidentes, presente na Biblioteca da Presidência da República. Comparando os dois anos de cada governo e as trocas realizadas, temos o ranking de quem mais fez movimentações ministeriais:

. Dilma Roussef (PT): 19 trocas (2011 a 2013)

. Jair Bolsonaro (Sem partido): 14 trocas (2018 a 2020)

. Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 9 trocas (2003 a 2005)

. Fernando Collor (PRN): 5 trocas (1990 a 1992)

. Fernando Henrique Cardoso (PSDB): 4 trocas (1995 a 1997)

. José Sarney (PDS): 4 trocas (1985 a 1987)

Em entrevista à CNN, o cientista político e professor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), William Nozaki, explicou que as trocas são motivadas pelo chamado presidencialismo de coalizão. Ou seja, para conseguir caminhar com as suas pautas no Congresso, o poder Executivo depende de uma base coesa no Congresso Nacional. Desta maneira, há diversas trocas ministeriais para que os partidos aliados do governo tenham uma pasta para chamar de sua. 

Publicações relacionadas