adblock ativo

Bolsonaro pede arquivamento da cassação do mandato e critica TSE e PT

Publicado às | Atualizado em 27/10/2021, 12:48 | Autor: Da Redação
Com mais um voto contra a cassação, o processo será rejeitado | Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom | Agência Brasil | 25.10.2021
Com mais um voto contra a cassação, o processo será rejeitado | Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom | Agência Brasil | 25.10.2021 -
adblock ativo

Em entrevista na manhã desta quarta-feira, 27, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o julgamento iniciado na última segunda-feira, 26, no TSE, sobre disparo massivo de fake news, impacto na decisão dos eleitores e interferência nas outras candidaturas em 2018 e pediu arquivamento do caso. As declarações foram feitas à emissora de televisão Jovem Pan News.

"A que ponto chegou o TSE? Tem certas coisas que nem tem que colocar em pauta, tem que arquivar. Estão atrás de mim ainda achando que eu cometi fake news durante a campanha, queriam cassar a chapa", disse Bolsonaro.

As denúncias foram feitas pela coalização do PT, com PCdoB e PROS. Em sua defesa, Bolsonaro rebate as acusações do grupo e desata críticas ao PT. "Fake news contra o PT é dizer que é um partido de gente honesta, aí seria fake news. Que eles são contra o aborto, aí seria fake news; que eles defendem a família tradicional, daí seria fake news; que eles não são corruptos, aí seria fake news”, afirmou na entrevista.

Até o momento, três dos sete ministros do plenário do TSE são contra a cassação da dupla presidencial Bolsonaro-Mourão. O julgamento retorna amanhã e até o momento prevalece o voto do relator, ministro Luís Felipe Salomão, ao lado dos votos de Mauro Campbell e Sérgio Banhos. Com mais um posicionamento contra a cassação da chapa, o processo será rejeitado.

adblock ativo

Publicações relacionadas