adblock ativo

Bolsonaro tem dívida de quase R$ 100 mil por descumprir medidas sanitárias

Publicado às | Atualizado em 23/10/2021, 18:35 | Autor: Da Redação
Presidente é multado por promover aglomerações e não usar máscara | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil
Presidente é multado por promover aglomerações e não usar máscara | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil -
adblock ativo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acumulou uma dívida de quase R$ 100 mil em multas por andar sem máscara em locais públicos e promover aglomerações, o que descumpre leis estaduais para combater a pandemia de coronavírus.

Segundo o jornal O Globo, o estado do Maranhão inscreveu o presidente na dívida ativa do estado por causa de uma multa de R$ 80 mil, que pode vir a ser cobrada judicialmente.

Na ocasião, Bolsonaro esteve na cidade de Açailândia (MA) para entregar 287 títulos de propriedade rural em 21 de maio. Sem máscara, o presidente cumprimentou apoiadores que se aglomeravam.

Durante o discurso, o presidente ainda alfinetou o governador e adversário político Flávio Dino, chamando-o de "gordinho ditador do Maranhão".

Conforme um decreto da época, estavam proibidos eventos com mais de cem pessoas. O governo do Maranhão ainda disse que houve agravante ao considerar que o presidente agiu com dolo (intenção).

Além do Maranhão, também existem autuações não pagas contra o presidente em São Paulo que, quando somadas, podem chegar ao valor de R$ 3.868,97, no mínimo.

adblock ativo

Publicações relacionadas