adblock ativo

Combate à pandemia em um mês custou R$ 10 bilhões aos cofres públicos

Publicado às | Atualizado em 22/10/2021, 08:34 | Autor: Redação
Auxílio Emergencial foi a despesa que mais alavancou o gasto | Foto: Shirley Stolze/Ag. A Tarde
Auxílio Emergencial foi a despesa que mais alavancou o gasto | Foto: Shirley Stolze/Ag. A Tarde -
adblock ativo

Entre 8 de setembro e 8 de outubro, a pandemia de Covid-19 custou aos cofres públicos brasileiros R$ 10 bilhões. Do valor total destinado ao combate à crise sanitária neste ano (R$ 135,6 bilhões), o governo federal já gastou R$ 97,3 bilhões (71,7%).

Os dados fazem parte de levantamento feito com base em informações publicadas pelo Painel de Monitoramento dos Gastos da União para a Covid-19, do Tesouro Nacional, ligado ao Ministério da Economia.

Dados disponíveis no painel, mostram que o pagamento do auxílio emergencial foi a despesa que mais alavancou o gasto. Do total, já foram usados para pagamento de auxílio, R$ 97,2 bilhões. O Painel revela ainda que a compra e distribuição de vacina teve um custo de R$ 1,8 bilhões.

No ano passado, o primeiro da pandemia, a União desembolsou R$ 524 bilhões para conter o avanço do coronavírus. O valor previsto era R$ 604,7 bilhões – o excedente ficou como restos a pagar para 2021. À época, foi criado um “orçamento de guerra” para as despesas, possibilitando ações emergenciais e permitindo endividamento.

adblock ativo

Publicações relacionadas