PCdoB na Bahia se posiciona após indicação da suplência de Otto

Partido disse ainda que pleiteia indicação e não foi consultado

Publicado domingo, 10 de julho de 2022 às 17:17 h | Atualizado em 10/07/2022, 18:57 | Autor: Da Redação
Otto Alencar ao lado do presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães
Otto Alencar ao lado do presidente estadual do PCdoB, Davidson Magalhães -

A Comissão Executiva Estadual do PCdoB emitiu nota oficial quanto a indicação da vaga de suplente do senador Otto Alencar, que concorre a reeleição.

>>Ex-prefeito de Ibotirama será suplente de Otto na eleição ao Senado

A sigla, na Bahia, esclareceu que a informação divulgada de que a indicação do nome do suplente teria sido de forma unânime não corresponde com os fatos. O PCdoB diz ainda, que pleiteia a indicação e não foi consultado, mas sim "apenas comunicados" da decisão que, de acordo com o partido na Bahia, deveria ter passado por um "debate" na Federação (PT-PCdoB-PV) e pelo conjunto dos partidos da base aliada do governo do estado. 

O PCdoB-Bahia diz ainda que é "contra" a indicação de mais um nome de um partido que já compõe a chapa majoritária.

"A chapa deve refletir o conjunto da participação das forças políticas que compõem a aliança", diz trecho do comunicado.

Ainda no comunicado, o partido, na Bahia, registra a "insatisfação" com o processo de decisão, o que não ajuda na boa relação das forças políticas que compõem a coligação e na condução da campanha. 

Publicações relacionadas