Roma pede à PF que investigue invasões de terra no Extremo Sul da BA

Segundo Roma, supostos indígenas, fortemente armados, estão espalhando terror e insegurança jurídica na região

Publicado terça-feira, 19 de julho de 2022 às 16:07 h | Atualizado em 19/07/2022, 16:07 | Autor: Da Redação
Comitiva formada por pré-candidato e representantes dos produtores rurais se reuniu com o superintendente regional da PF
Comitiva formada por pré-candidato e representantes dos produtores rurais se reuniu com o superintendente regional da PF -

O deputado federal, ex-ministro da Cidadania e pré-candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), pediu providências à Polícia Federal (PF) sobre os violentos conflitos de terra que vêm ocorrendo no Extremo Sul do estado. Segundo ele, supostos indígenas, fortemente armados, estão espalhando terror e insegurança jurídica na região.

No final da manhã desta terça-feira, 19, uma comitiva formada por Roma, pelo presidente do Sistema Faeb/Semar, Humberto Oliveira, e o superintendente regional do Incra, Paulo Alves, se reuniu com o superintendente regional da PF, Leandro Almada. 

De acordo com o grupo, na segunda-feira, 18, mais duas fazendas foram invadidas, dessa vez, no município de Porto Seguro. Anteriormente as invasões criminosas ocorreram em Itamaraju.

Conforme Roma, o superintendente da Polícia Federal, Leandro Almada, disse que a PF está acompanhando o caso e que um inquérito já foi instaurado, em fase de levantamento das informações. “Vamos reforçar ainda mais a nossa atenção ao tema para tomar a medida necessária”, afirmou Almada.

Roma entregou, na semana passada, ao ministro da Justiça, Anderson Torres, um dossiê sobre o problema no Extremo Sul. Ele criticou a atuação do Governo do Estado e disse ser “absurda a omissão do governador Rui Costa diante das invasões criminosas que ocorrem sem nenhuma ação do estado para garantir a paz e o império da lei na região. Precisamos de segurança jurídica e paz no campo, que hoje representa mais de um terço do PIB baiano e gera muitos empregos”.

Publicações relacionadas