Sob aplausos, corpo de Marcelo Arruda é enterrado no Paraná

Cortejo que levou o guarda municipal do velório ao cemitério foi acompanhado por moradores do município

Publicado segunda-feira, 11 de julho de 2022 às 19:31 h | Atualizado em 11/07/2022, 19:31 | Autor: Da Redação
Arruda momentos antes de ser morto por bolsonarista
Arruda momentos antes de ser morto por bolsonarista -

Foi enterrado na tarde desta segunda-feira, 11, o corpo do militante do Partido dos Trabalhadores e guarda municipal Marcelo Aloizio de Arruda, morto no domingo, 10, em Foz do Iguaçu durante seu aniversário pelo policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O enterro ocorreu sob forte comoção, segundo portal Ric Mais. Pouco antes, mais de 200 pessoas acompanharam o cortejo em homenagem ao agente pelas principais avenidas da cidade paranaense. Familiares e amigos bateram palmas durante o enterro.

Marcelo era tesoureiro do PT, partido ao qual era filiado há mais de dez anos e pelo qual concorreu a vereador e a vice-prefeito pela sigla em eleições municipais recentes. Entre outros integrantes do partido, a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), compareceu ao velório no domingo.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR), decretou, na manhã desta segunda, 11, a prisão preventiva do apoiador de Bolsonaro, suspeito de assassinar tesoureiro do PT, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Jorge José da Rocha Guaranho está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um hospital de Foz do Iguaçu.

Publicações relacionadas