adblock ativo

"Estamos investindo em câmeras de reconhecimento facial", diz Bruno Reis sobre segurança

Publicado às | Atualizado em 27/10/2021, 12:16 | Autor: Da Redação
Condições de trabalho para os servidores da segurança pública também é fator levantado pelo prefeito de Salvador | Foto: Marcelo Granda | SECIS
Condições de trabalho para os servidores da segurança pública também é fator levantado pelo prefeito de Salvador | Foto: Marcelo Granda | SECIS -
adblock ativo

Na manhã desta quarta-feira, 27, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), fez declarações sobre a segurança da cidade. Ele atribui à pandemia o aumento da violência na capital baiana. “Temos diversos efeitos colaterais da pandemia, inclusive no aumento da violência. E violência só se resolve investindo recursos”, disse Bruno Reis à imprensa durante o lançamento do projeto de energia fotovoltaica “Salvador Solar”.

Reis elenca tecnologia, condições de trabalho e inteligência como os principais investimentos para enfrentar a situação atual. “De um lado, tecnologia para identificar quando ocorre algum ilícito. De outro, dar condições de trabalho a polícia militar, desde viaturas à armamento, valorizando o servidor da segurança pública. E investindo em inteligência”, comenta o chefe do executivo soteropolitano.

No âmbito tecnológico, Bruno Reis aponta o recurso da inteligência artificial - campo de pesquisa científica que busca simular o pensamento humano em programas computacionais - através de bancos de dados de imagens, para melhorar a atuação das forças de segurança. “Estamos investindo em inteligência, contratando câmeras de reconhecimento facial nos principais pontos da cidade", declara o prefeito, que anunciou o emprego dessas câmeras mais cedo neste mês.

Ao ser indagado sobre a dificuldade de moradores em ocuparem as novas praças da capital, devido à falta de segurança, Bruno Reis afirma que, em realidade, “as praças ajudam no enfretamento à violência”. Também tece comentários sobre o impacto do tráfico de drogas na vida dos bairros.

“O tráfico é um problema e [o combate] envolve a união de todos os entes da Federação. A prefeitura tem feito um esforço grande. Essas praças ajudam no enfretamento à violência, porque oferecemos opções de lazer, que possibilitam aos jovens alternativas, ficando menos refém das drogas e da marginalidade", explica Reis. Além disso, o prefeito de Salvador enumera educação, geração de empregos, iluminação em pontos de ônibus e investimento na guarda municipal como fatores de combate à violência.

adblock ativo

Publicações relacionadas