Operação da PF mira em hackers que acessaram dados pessoais de Bolsonaro

Publicado sexta-feira, 26 de junho de 2020 às 09:25 h | Atualizado em 26/06/2020, 09:42 | Autor: Da Redação

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 26, uma operação contra supostos hackers, que teriam acessado dados pessoais divulgados do presidente Jair Bolsonaro e sua família.

Os suspeitos podem responder por crime de invasão de dispositivo informático, corrupção de menores, fraudes bancárias, estelionato e organização criminosa. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, já existem mandados de busca e apreensão sendo cumpridos no Ceará e Rio Grande do Sul.

A PF investiga o acesso ilícito aos dados pessoais de mais de 200 mil servidores e autoridades, que foram feitas a partir da invasão de sistemas de prefeituras, câmaras de vereadores e universidades federais.

Publicações relacionadas