adblock ativo

Celsinho Cotrim é o primeiro candidato à prefeitura de Salvador assumidamente gay

Publicado segunda-feira, 19 de outubro de 2020 às 19:42 h | Atualizado em 19/10/2020, 19:44 | Autor: Fernando Valverde
Celsinho Cotrim, surpreendeu ao se assumir gay em entrevista a uma emissora de rádio
Celsinho Cotrim, surpreendeu ao se assumir gay em entrevista a uma emissora de rádio -
adblock ativo

Durante sabatina feita pela Rádio Sociedade nesta segunda-feira, 19, o candidato do PROS à prefeitura de Salvador, Celsinho Cotrim, surpreendeu ao se assumir gay após um questionamento sobre a elevação de patrimônio na declaração feita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Perguntado sobre o aumento de quase 700% em relação ao montante declarado durante a campanha para o senado em 2018, Celsinho falou sobre a sua relação.

“Eu sou casado com um médico, que ganha muito bem, que está me ajudando muito e inclusive agora na campanha, é quem está segurando a onda da casa”, disse.

O patrimônio, orçado em R$285 mil no pleito de 2018, foi calculado em mais de R$2 milhões neste ano por conta de uma casa que teria adquirido em um financiamento junto ao companheiro e que teria sido declarada como quitada e de sua posse unilateral.

“Nós compramos uma casa financiada de um milhão quatrocentos e cinquenta mil reais num condomínio no Litoral Norte só que na declaração colocaram como se a casa estivesse quitada e como se só fosse minha. Já houve a correção na declaração para a Justiça Eleitoral e deve ser atualizada nos próximos dias”, explicou.

Celsinho, que já havia criticado a “falta de diversidade em secretarias da atual gestão”, é o primeiro candidato assumidamente gay do pleito, ou quase isso já que o candidato Pastor Sargento Isidório (Avante) se declara como “ex-gay”.

Em seu plano de governo, Cotrim afirma o intuito de políticas públicas para o público LGBTQI+, com foco no combate às DSTs e assistência plena aos portadores destas doenças

adblock ativo

Publicações relacionadas