"Reafirmo o compromisso de cuidar da população de Salvador", diz Geraldo Júnior após reeleição

Publicado sábado, 02 de janeiro de 2021 às 10:25 h | Atualizado em 02/01/2021, 12:06 | Autor: Da Redação

Único candidato na disputa, o vereador e atual presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB) foi reeleito presidente da casa. A sessão foi realizada na manhã deste sábado, 2, no Plenário Cosme de Farias.

Geraldo teve o apoio do ex-prefeito ACM Neto (DEM) e do recém empossado chefe do executivo municipal, Bruno Reis (DEM). Geraldo vai comandar a câmara, composta pelos 43 vereadores empossados nesta sexta-feira, 01, para o próximo biênio (2021/2022). Somente as vereadoras do mandato coletivo Pretas por Salvador se abstiveram da votação, lembrando que nesse caso, só é registrado um voto.

O presidente, reeleito por aclamação, destacou 3 pontos chave durante discurso: eficiência do legislativo, protagonismo político e administrativo. 

A sessão foi realizada de forma semipresencial, sem acesso de convidados, por causa da atual pandemia.

Geraldo fez também um balanço das experiências como gestor e político.

“Vamos continuar a edificar e consolidar o papel de nossa casa, respeitando sempre o poder executivo, mas preservando a autonomia dos poderes, como forma de manter a democracia em sua plenitude. Vamos juntos construir o futuro de nossa cidade, que, com certeza, passa pela Câmara Municipal. Seguimos errando, acertando, mas sempre nos dando por inteiro", garantiu.

Júnior destacou também a atuação da Casa no ano de 2019, quando foram realizadas 116 sessões ordinárias, o que representa o maior número dos últimos 20 anos, reiterando que depois da pandemia, o trabalho continuar de forma intensa em prol da cidade. 

Outro fator reafirmado por Geraldo, é o compromisso de união e parceria com o novo prefeito Bruno Reis (DEM).

“Bruno foi desta Casa e, inclusive, mostrou o contra cheque ontem no Plenário. Demonstrou no discurso dele a importância do legislativo, para a sociedade. Vamos ter uma parceria promissora, caracterizada pelo diálogo, entendimento e bom senso, se constituindo no tripé de nossa nova gestão que se inicia.”, reiterou. 

Por fim, o presidente da Câmara usou ainda as redes sociais para enviar mensagem à população. "Reafirmo o compromisso de cuidar da população de Salvador, mantendo a independência do legislativo, mas sem faltar a relação harmoniosa e fundamental com a prefeitura soteropolitana", afirmou.

PERFIL

Geraldo Júnior é formado em Direito pela Universidade Católica do Salvador (UCSal) e pós-graduado em Processo Civil, trilhou carreira profissional na advocacia privada, dedicando boa parte da experiência à defesa da Rede Record e Igreja Universal; Entre 1993 e 2000, na gestão da então prefeita Lídice da Mata, Geraldo foi coordenador Jurídico da Companhia Municipal de Abastecimento (Comasa);

Na administração do ex-prefeito Antonio Imbassahy, foi subcoordenador das administrações regionais de Salvador. Em seguida, foi convidado a assumir as funções de chefe de gabinete e conselheiro do deputado estadual Jurandy Oliveira; Em 2011, chegou à Câmara Municipal de Salvador para a vaga deixada por Luizinho Sobral, que passou a ocupar o cargo de deputado estadual.

Em outubro de 2012, renovou o mandato com 11.264 votos para o quadriênio 2013-2016. Em outubro de 2013, filiou-se ao Partido da Solidariedade (SD); no biênio de 2012-2013 atuou como Corregedor Geral da Câmara Municipal de Salvador, quando apresentou um destacado trabalho ao inovar com a criação do Regimento da Corregedoria; foi eleito 1º vice-presidente da Câmara Municipal de Salvador, cargo da Mesa Diretora da Casa, para o biênio 2015-2016.

Em outubro de 2016, renovou o mandato com 13.685 votos para o quadriênio 2017-2020, tornando-se o 7º vereador mais votado na capital baiana. Em janeiro de 2017, assumiu a Secretaria Municipal de Trabalho, Esporte e Lazer da Prefeitura de Salvador, cargo que deixou em outubro de 2018 para retornar à Câmara Municipal de Salvador e disputar a Presidência da Casa, sendo eleito.


Confira a composição da Mesa Diretora:

1º vice-presidente: Duda Sanches (DEM)

2º vice-presidente: Isnard Araújo (PL)

3º vice-presidente: Joceval Rodrigues (Cidadania)

1º secretário: Carlos Muniz (PTB)

2º vice-presidente: Sabá (DC)

3º vice-presidente: Téo Senna (PSDB)

4º vice-presidente: Daniel Rios (Patriota)

Corregedor: Claudio Tinoco (DEM)

Ouvidor: Augusto Vasconcelos (PCdoB)

Ouvidor substituto: Anderson Ninho (PDT)

Suplentes eleitos:

1º vice-presidente suplente: Cátia Rodrigues (DEM)

2ª vice-presidente suplente: Ireuda Silva (Republicanos)

1º secretário suplente: Fábio Souza (SD)

2º secretário suplente: Hélio Ferreira (PCdoB)

Publicações relacionadas