Rejeição a Bolsonaro chega a 38%, aponta pesquisa Datafolha

Publicado segunda-feira, 02 de setembro de 2019 às 10:44 h | Atualizado em 02/09/2019, 11:47 | Autor: Estadão Conteúdo | Foto: Isac Nóbrega | PR

O presidente Jair Bolsonaro é rejeitado por 38% das pessoas, segundo pesquisa Datafolha realizada em 29 e 30 de agosto com 2.878 eleitores. No levantamento anterior, realizado no início de julho, a rejeição do presidente era de 33%. Já a aprovação de Bolsonaro recuou de 33% para 29% no mesmo período - dentro da margem de erro, de dois pontos para cima ou para baixo.

As pessoas que julgam o governo Bolsonaro como regular são 31% - eram 30%. No Nordeste, a rejeição saltou de 41% para 52% entre as duas pesquisas. Jair Bolsonaro é, de longe, o presidente eleito em primeiro mandato com maior rejeição: em agosto de 1995, Fernando Henrique Cardoso era reprovado por 15%; Luiz Inácio Lula da Silva, em agosto de 2003, por 10%; e Dilma, em agosto de 2011, por 11%.

Publicações relacionadas