adblock ativo

STJ valida afastamento do governador do Tocantins por seis meses

Publicado às | Atualizado em 20/10/2021, 16:09 | Autor: Da Redação
O governador é suspeito de envolvimento em irregularidades no âmbito da Saúde e da Segurança Pública | Foto: Washington Luiz | Governo do Tocantins
O governador é suspeito de envolvimento em irregularidades no âmbito da Saúde e da Segurança Pública | Foto: Washington Luiz | Governo do Tocantins -
adblock ativo

O ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou nesta quarta-feira, 20, o afastamento do governador de Tocantins, Mauro Carlesse (PSL), por seis meses por supostos crimes no âmbito da Saúde e da Segurança Pública.

Carlesse é alvo de uma investigação da Polícia Federal (PF) para desarticular uma organização criminosa que supostamente tentou impedir ou obstruir investigações sobre atos ilícitos relacionados à cúpula do governo.

A Corte Especial do STJ analisou a decisão do ministro na tarde desta quarta-feira e a referendou por unanimidade.

A PF cumpriu mandados de busca e apreensão nesta quarta na casa do governador e também no Palácio Araguaia, sede do governo estadual.

Essa é a segunda vez que Carlesse é alvo de uma operação da PF. Em março de 2020, agentes da PF estiveram na casa do político e na sede do governo durante a Operação Assombro, que investigava uma organização criminosa suspeita de desviar dinheiro público por meio da contratação de funcionários fantasmas no estado.

adblock ativo

Publicações relacionadas