Defesa Civil Nacional verifica estragos causados pela chuva em Itaberaba

Publicado segunda-feira, 29 de novembro de 2021 às 20:46 h | Atualizado em 29/11/2021, 20:49 | Autor: Da Redação

O Ministério do Desenvolvimento Regional informou o envio de uma equipe do Grupo de Apoio a Desastres (Gade) a Itaberaba, na Chapada Diamantina, para verificar os estragos causados pela chuva no município. Duas pessoas morreram e 18 estão desalojadas.

Parte do asfalto de duas avenidas foi arrancada e crateras se formaram no centro da cidade. Já na zona rural, algumas comunidades ficaram ilhadas. Os quatro bairros atingidos com maior intensidade foram Campo do Governo, Alameda das Umburanas, Barro Vermelho e Brisas da Chapada.

A Defesa Civil Nacional informou que há ainda o risco de rompimento de uma barragem de água particular. Engenheiros buscam uma solução para o problema e, por precaução, muitos moradores foram retirados da mancha de inundação. Também foi criado um sistema de alarme e deslocada uma equipe para monitorar a situação.

Comandada pelo coronel Alexandre Lucas, secretário nacional de Proteção e Defesa Civil da pasta, a equipe do governo federal se reuniu nesta segunda-feira, 29, com o prefeito Ricardo Mascarenhas, representantes da Defesa Civil estadual e municipal, bombeiros e outras autoridades.

"Nosso objetivo aqui é agilizar o reconhecimento dos processos de situação de emergência, liberar com rapidez recursos necessários para o restabelecimento de serviços essenciais, socorro, assistência e recuperação, além de dar apoio na gestão do desastre", afirmou o secretário.

Há possibilidade de pancadas de chuvas torrenciais em Itaberaba e outras áreas do estado nesta terça,30, informou o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Publicações relacionadas