Lockdown total nos finais de semana prossegue até dia 29 em Santo Estêvão

Publicado segunda-feira, 22 de março de 2021 às 09:53 h | Atualizado em 22/03/2021, 11:06 | Autor: Da Redação

O decreto assinado pelo prefeito de Santo Estevão, Rogério Costa, que determina lockdown total das 18h de sexta-feira às 5h de segunda-feira, prossegue entre os dias 26 e 29 de março.

De acordo com o novo decreto, os supermercados, mercados e minimercados, padarias, restaurantes, lanchonetes e açougues devem funcionar na modalidade de delivery, com portas fechadas. Segundo a publicação, fica vedada a venda de bebidas alcóolicas em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery).

Ainda de acordo com o decreto, só poderão funcionar indústrias e fábricas, empresas de telecomunicações que operem em regime de 24h. Além do deslocamento dos seus trabalhadores e colaboradores, fica permitido o funcionamento também em farmácias e serviços de saúde: urgência e emergência, imagem diagnóstica, Fisioterapia, Odontologia, atendimentos de tratamentos contínuos, a exemplo de hemodiálise, laboratórios de análises clínicas, incluindo aqueles situados em shopping centers; estabelecimentos que forneçam insumos hospitalares; postos de combustíveis; oficinas; e borracharias.

As clínicas veterinárias em serviços de urgência e emergência e pet shops só poderão atender em sistema de delivery, com portas fechadas. O mesmo vale para distribuidora de água e gás. Funerárias e serviços fúnebres estão autorizados, de acordo com o texto do decreto.

Ficam suspensos os eventos e atividades com a presença de público, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamentos, cultos religiosos, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, eventos e solenidades quaisquer que sejam.

O decreto ainda determina a suspensão da Feira Livre no Centro de Abastecimento Lineu Cerqueira da Silva nos dias 20, 21, 27 e 28 de março de 2021.

Os estabelecimentos comerciais que descumprirem as normas fixadas no Decreto poderão ser interditados por 15 dias, com a suspensão de suas atividades, bem como a cassação dos respectivos alvarás de funcionamento. Estabelecimentos comerciais localizados em praças públicas e/ou espaços públicos, administrados pela Municipalidade, que descumprirem as normas poderão perder as concessões e autorizações administrativas para funcionamento.

Novos leitos - A gestão municpal afirma que já estão disponíveis os dez novos leitos clínicos no Hospital Dr. João Borges de Cerqueira. Estes se somam aos outros oito leitos que já funcionavam na ala do hospital reservada, exclusivamente, para tratar pacientes com Covid-19.

Publicações relacionadas