Vereador de Brumado considera incoerente a prefeitura insistir no empréstimo de R$ 23 milhões

Publicado segunda-feira, 21 de junho de 2021 às 09:37 h | Atualizado em 21/06/2021, 10:14 | Autor: Da Redação

O vereador Amarildo Bomfim (PSB) criticou o modo como o projeto de empréstimo de R$ 23 milhões para pavimentação de ruas na cidade, de autoria da Prefeitura de Brumado, foi aprovado pela Câmara Municipal de Brumado, sem o conhecimento de detalhes do contrato, como quantidade de parcelas, período de carência, valor da prestação e porcentagem de juros.

“Votei contrário. Brumado é uma cidade de médio porte, já deveria ter muitas ruas pavimentadas com asfalto. Acredito que a maior parte desse recurso será utilizado com paralelepípedo, pelo menos é o que está no projeto”, justificou Amarildo.

Não é o momento de a prefeitura tomar um empréstimo desse montante e com essa finalidade, na opinião do parlamentar, que afirma serem prioridades a saúde e o enfrentamento à pandemia. “O município tem um orçamento de R$ 221 milhões. É muito recurso. Administrando, você conseguiria fazer um bom trabalho com esse recurso. Votei contra por não ter conhecimento do projeto e por achar que não seria o momento adequado”, completou. (Informações do Achei Sudoeste).

Publicações relacionadas