Ex-policial é acusado de matar casal de vizinhos em Barreiras

Crime teria sido motivado por som alto no bar das vítimas

Publicado sexta-feira, 08 de julho de 2022 às 11:22 h | Atualizado em 08/07/2022, 11:22 | Autor: Da Redação
Relação entre envolvidos era conflituosa há meses
Relação entre envolvidos era conflituosa há meses -

Um casal foi morto a tiros na noite desta quinta-feira, 7, na cidade de Barreiras, no Extremo-Oeste da Bahia. Um ex-policial militar é suspeito de cometer o crime.

De acordo com as autoridades, as vítimas, identificadas como Antonio Eufrazio Ribeiro, de 63 anos, conhecido como Tião, e Fernanda da Cruz Fernandes, de 46, foram mortas por vários disparos de arma de fogo dentro do próprio estabelecimento comercial.

O casal era dono de um bar sitiado no bairro Barreirinhas e mantinha uma relação conflituosa com o vizinho, um ex-policial militar, principalmente por causa do som alto.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas já encontrou as vítimas sem vida no local. A área foi isolada para a chegada do Departamento de Polícia Técnica (DPT-BA), que realizou os procedimentos periciais e a remoção dos corpos para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Antonio e Fernanda eram muito estimados pelos moradores da região, que se uniram em frente ao bar e pediram por justiça. A Polícia Militar (PMBA) precisou proteger a casa do suspeito porque populares mais exaltados queriam tirar à força sua esposa.

O ex-militar Wilton Bezerra de Luna, responsável pelo crime, está foragido. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que realiza buscas para tentar localizar o homicida.

Publicações relacionadas