Hercule Poirot e Agatha Christie vêm para o jantar | A TARDE
Atarde > Colunistas > Histórias & Sabores

Hercule Poirot e Agatha Christie vêm para o jantar

Blog tem a proposta de analisar as obras literárias por meio da gastronomia

Publicado sábado, 12 de fevereiro de 2022 às 00:36 h | Atualizado em 12/02/2022, 09:32 | Autor: Isabel Oliveira

O relógio estava quase se aproximando da meia-noite quando o Expresso do Oriente, mais famoso e luxuoso trem de passageiros do mundo, rasga a noite fria de inverno e interrompe a viagem por causa da neve acumulada sobre os trilhos. No trem, um assassinato!

Eis que aparece um sujeito de 1,72m de altura, com cabeça em formato de ovo perfeito, olhos verdes, bigodudo, com pose elegante e uma bengala como assessório. Está pronto mais um misterioso romance de Agatha Christie, que adora saborear uma comidinha no meio da história recheada de mistério e um ingrediente bem interessante no romance policial: a gastronomia. 

Inaugurado em 1883, o trem realmente existiu e ligava Paris a Constantinopla, hoje Istambul. A sua rota foi alterada várias vezes
Inaugurado em 1883, o trem realmente existiu e ligava Paris a Constantinopla, hoje Istambul. A sua rota foi alterada várias vezes |  Foto: Reprodução Internet
 

Por acaso, é também assim que pensa Denise Godinho, jornalista que criou o blog Capitu Vem para o Jantar. O recurso tecnológico tem a proposta de analisar as obras literárias por meio da gastronomia. A jornalista acredita que há uma conexão entre a literatura e a cozinha.

Para a Godinho, que mora em São Paulo, “a comidinha citada em um livro nos dá a incrível oportunidade de conhecer mais sobre o contexto cultural, social e político de um tempo”, afirma. Ela também acredita que “o quitute transforma o lúdico em algo concreto e nos aproxima das preferências de um escritor”, enfatiza.

Denise criou o blog depois de ler Dom Casmurro e fazer a cocada que aparece na história de Capitu e Bentinho. O doce foi uma peça importante para o romance de Machado de Assis, como conta a jornalista. E foi desse modo que ela teve a ideia de criar o blog. 

Denise Godinho é jornalista e criou o blog Capitu Vem para o Jantar!
Denise Godinho é jornalista e criou o blog Capitu Vem para o Jantar! |  Foto: Divulgação | Acervo pessoal

“Criei o blog e comecei a aprender a cozinhar com os meus escritores preferidos. Eu fazia as receitas que apareciam durante as minhas leituras. Daí, com o tempo, virou essa pesquisa sobre a simbiose entre a literatura e a gastronomia”, conta.

Ela analisa a gastronomia na literatura como um aspecto muito importante da manifestação artística. “Ao longo da análise gastronômica literária, a comida e a bebida ilustram um período de tempo, definem o cenário, evidenciam distinção de classe e oferecem conforto. Isso acontece nas obras de Agatha Christie. Como se não bastasse, outra coisa fascinante também ocorre: a comida é pista para um comportamento estranho de um personagem e muitas vezes é usada como arma de um crime”, comenta no blog.  

Segundo especialistas, Agatha Christie adorava comer
Segundo especialistas, Agatha Christie adorava comer |  Foto: Reprodução Internet
 

Dá para perceber que Agatha Christie é uma das autoras preferidas de Denise. Para ela, a escritora oferece vários ingredientes que tornam o romance irresistível.

“Os personagens dela, geralmente, têm grandes reflexões sobre a vida, divagam ao redor da mesa. Um dos personagens mais famosos, Hercule Poirot, de vários livros, tem uma relação peculiar porque ele é supermetódico na forma como investiga os crimes e isso aparece na forma como ele se alimenta. Ele gosta de comer ovos simétricos, gosta de arrumar a mesa com muitos detalhes antes de comer”, conta.

Autora de vários livros famosos envolvendo o detetive belga Hercule Poirot, Christie gostava de apreciar a boa comida, como afirmam alguns pesquisadores e escritores, e isso pode ter influenciado a escritora ao contar histórias com esses ingredientes que davam vida a seus inúmeros romances de mistério. 

Hercule Poirot era o mais famoso personagem de escritora de romance policial
Hercule Poirot era o mais famoso personagem de escritora de romance policial |  Foto: Reprodução Internet

Segundo Chrystal Siqueira, mestre em Linguística Aplicada e bacharel em Língua e Literatura Inglesa pela UFRJ, autora do blog dedicado a Agatha Christie, a famosa romancista policial gostava de comer. “A autora gostava de pratos simples e tinha um apreço especial por pães e omeletes. Quando criança, então, adorava doces e guloseimas, como podemos conferir facilmente nas muitas descrições detalhadas e às vezes divertidas das comidas ao longo de toda a autobiografia”, escreveu no blog.

Ovo, desde que servidos metodicamente iguais, é uma das paixões de Hercule Poirot, como conta a pesquisadora de Capitu  Vem para o Jantar: Ela também revela que outra paixão de Poirot é omelete. Em Assassinato no Expresso do Oriente, a iguaria marca um momento importante, quando as investigações do misterioso crime, que acaba de ocorrer no trem, têm início, conta Denise. 

  • O omelete é um prato muito simples, mas uma grande paixão para muita gente
    O omelete é um prato muito simples, mas uma grande paixão para muita gente |
  • O omelete é um prato muito simples, mas uma grande paixão para muita gente
    O omelete é um prato muito simples, mas uma grande paixão para muita gente |
  

“Hercule Poirot tem essa questão peculiar, de gostar muito de ovos, só que os ovos têm que ser do mesmo tamanho. Ele acredita que omelete perfeito requer muito cuidado para ser preparado e tal”, conta.

E foi este prato simples, mas gostoso, que encantou Denise e desde sempre ele vem fazendo. 

"Baseada no Assassinato no Expresso do Oriente, fiz uma receita típica de omelete francês, bem simples de fazer. Eu gostei muito de preparar porque é uma omelete que eu faço em casa, sempre. Então é muito curioso você sentar para comer algo que foi inspirado por um livro que você gosta muito.  Acho que é uma proposta interessante de convidar as pessoas para fazer o mesmo, para ter esta relação mais afetiva e criativa com a comida", conta. 

Então, vamos à omelete do mestre Hercule Poirot, o grande personagem de Agatha Christie. 

 

  

Ingredientes

   •               3 ovos

•             1 pitada de sal

•             Pimenta-do-reino a gosto

•             Fio de leite

•             1 colher de sopa de manteiga

•             100g de queijo Emmental

Modo de fazer

    1.            Numa tigela, coloque três ovos, uma pitada de sal, pimenta-do-reino, um fio de leite e mexa.

2.            Numa frigideira, coloque uma colher se sopa de manteiga, derreta, coloque a mistura de ovos e     mexa até começar a desgrudar da panela.

3.            Acrescente 100g de queijo Emmental ralado.

4.            Feche a sua omelete como se fosse um envelope e está pronto!

Perfil  do Instagram  e link do blog de Denise Godinho

@capituvemparaojantar e https://capituvemparaojantar.com/

 NOTAS HISTÓRIAS & SABORES

RESTAURANTE COMANDADO POR FABRÍCIO LEMOS E LISIANE AROUCA NO FERA PALACE HOTEL LANÇA NOVO MENU

Pato com arroz de pato, farofa e ovo
Pato com arroz de pato, farofa e ovo |  Foto: Divulgação
 

Após um ano de funcionamento, o restaurante Omí, localizado no Fera Palace Hotel, lança um novo menu. Comandado pelos chefs Fabrício Lemos e Lisiane Arouca, o Omí elaborou novos pratos para entrar em 2022 com atrativos para a clientela que visita o Centro Histórico de Salvador. O restaurante é aberto a todo o público no café da manhã, almoço e jantar. O chef Fabrício Lemos conta que, nesta nova etapa, trouxe pratos mais ousados como cuscuz com camarão dando uma renovada para começar 2022 com novidades para o público.

O restaurante no lobby do Fera Palace funciona para almoço de quarta a sábado das 12h às 15h e no domingo das 12h às 17h. No jantar, de quarta a sábado das 19h às 23h.

PRODUZIDA COM BASE NA AGRICULTURA FAMILIAR, A VIVÁ REDE DO BEM É UMA MARCA ORGÂNICA

Basta um click para ter acesso ao Vivá Rede do Bem, que tem produtos orgânicos, naturais e produzidos com base na agricultura familiar. Os itens fazem parte de um projeto de pequenos produtores que movimentam a economia colaborativa. São geleias, sucos, mel e chocolates - cultivados no sul da Bahia no sistema à sobra da Mata Atlântica e com respeito à natureza. Todos os produtos têm ingredientes naturais o propósito de transformar social e economicamente a vida dos parceiros.

Para adquirir é só acessar o link e verificar o catálogo  https://vivarepresentacao.goomer.app/

SUCESSO NO MUNDO TODO, O COOKIE É DESTAQUE NO CARDÁPIO DO DELIVERY AUSSIE GRILL

De origem inglesa, os cookies ganharam o mundo desde a Idade Média e, hoje, também caíram no gosto dos brasileiros. A Aussie Grill, restaurante 100% delivery pertencente a holding Bloomin' Brands, dona de marcas como Outback e Abbraccio, aposta na receita tradicional do "pequeno bolo" com gotas de chocolate como opção de sobremesa em seu cardápio digital. Assim, o Chef´s Cookie tem surpreendido os clientes da marca com sua suculência e sabor desde a chegada da marca no país, em 2020.  Para quem quiser apostar nesta delícia, basta fazer os pedidos pelo iFood

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS