"Acredito que vamos fazer uma ótima copinha", diz técnico do Bahia | A TARDE
Atarde > esportes > E.C.Bahia

"Acredito que vamos fazer uma ótima copinha", diz técnico do Bahia

Comandante deu detalhes da preparação do Esquadrão na Copa São Paulo

Publicado terça-feira, 02 de janeiro de 2024 às 19:34 h | Autor: Marcello Góis
Rogério Ferreira é o técnico dotime Sub-20 do Bahia que disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2024
Rogério Ferreira é o técnico dotime Sub-20 do Bahia que disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2024 -

O elenco do Bahia já está em Guaratinguetá, cidade sede da disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2024. Apesar da viagem cansativa, o técnico Rogério Ferreira já mira os ajustes finais antes da estreia, contra o Joinville, marcada para às 15h15 desta quinta-feira, 4, no Estádio Municipal Professor Dario Rodrigues Leite.

"Apesar de uma viagem um pouco cansativa, que a gente saiu 11 horas da manhã e chegou quase 7 horas aqui, mas correu tudo bem, graças a Deus, a gente chegou, foi bem recepcionado, ficamos num bom hotel, tivemos tempo de descansar e agora partiu a tarde para o primeiro treino, já avisando essa primeira partida no dia 4, teremos dois dias de treino aí para fazer os últimos ajustes e definir a equipe que inicia", explicou.

"A preparação, nessas duas últimas semanas, foi muito boa e muito intensa. Infelizmente a gente teve algumas perdas por lesão, mas o grupo que vem muito sabedor da responsabilidade e da oportunidade. Acredito que a gente vai fazer uma ótima copinha", complementou.

O treinador comenta sobre a parte psicológica na preparação e também do tempo curto de descanso. Rogério Ferreira aponta que o time, apesar dos desfalques, tem atletas que podem cumprir mais deuma função durante os jogos.

"É entender. Sentir um pouco a atmosfera do que é uma Copa São Paulo e são treinos para a gente fazer últimos ajustes. Para deixar tudo muito claro, a maneira com que a gente quer marcar, as variações que a gente tem, a maneira com que a gente quer construir o jogo e já também preparar trocas. Porque a gente será muito intenso, os jogos são muito desgastantes e o tempo de repouso não é o mais adequado do mundo, mas a competição é assim. Então a gente tem todos os jogadores com capacidade de atuar e atuar em mais de uma função ajudam bastante", avaliou.

A maioria dos Pivetes de Aço irão participar da Copa São Paulo pela primeira vez. O técnico Tricolor acredita que a preparação é realizada de maneira diária e que os atletas devem aproveitar ao máximo o que é passado pela comissão técnica. 

"Não acredito que a gente consiga preparar isso num prazo muito curto, então essa preparação já é feita diariamente para que todos entendam que a gente é a última categoria antes do profissional, então a oportunidade vai aparecer. É necessário que todos os dias a gente dê um passo à frente e se prepare para essas situações que são do cenário que a gente escolheu para a nossa vida. Se eu quero que os atletas e o clube desejam que eles estejam aptos para jogar diante de uma Fonte Nova com 40 mil pessoas, é necessário que cada dia ele construa isso na cabeça, trabalhe para isso, para que quanto mais preparado ele estiver, melhor vai ser o desempenho dele. Tenho certeza que vai ser mais uma etapa. Esses jogos vão contribuir muito como outros que a gente teve esse ano, que já deram esse cenário para eles, e dia a dia a gente vai colocando um grãozinho aí e vai conseguindo chegar nos objetivos", concluiu.

Publicações relacionadas