Lira diz que reforma 'não é o sistema perfeito, mas o possível' | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Lira diz que reforma 'não é o sistema perfeito, mas o possível'

Presidente da Câmara afirmou que o 15 de dezembro ficará 'marcado na história do Brasil'

Publicado sábado, 16 de dezembro de 2023 às 09:48 h | Autor: Da Redação
Lira afirmou que, com a aprovação, o Brasil terá um sistema tributário "moderno, enxuto e eficiente"
Lira afirmou que, com a aprovação, o Brasil terá um sistema tributário "moderno, enxuto e eficiente" -

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), utilizou as redes sociais neste sábado,16, para comemorar a aprovação, em dois turnos, da reforma tributária pela Casa na noite de sexta-feira, 15. A proposta vai para promulgação

A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma tributária. A matéria foi votada em dois turnos na Casa Legislativa. No primeiro turno, o placar foi de 371 votos a favor e 121contra. O mínimo para aprovação eram 308 votos. No segundo turno, foi de 365 a 118. Os parlamentares ainda analisam dois destaques ao projeto, considerado prioritário para o governo Lula (PT).

Nas redes sociais, Lira disse que a data de 15 de dezembro ficará marcada na história do Brasil e destacou que foi a primeira reforma ampla aprovada em um regime democrático, após décadas de discussões. Ele afirmou que, com a aprovação, o Brasil terá um sistema tributário "moderno, enxuto e eficiente", que "mudará" a economia do país. Na avaliação do presidente da Câmara, o texto aprovado não é "perfeito", mas o "possível".

"É a primeira [reforma] realizada num regime democrático em que todas as correntes de pensamento puderam expressar suas opiniões. Depois de mais de 40 anos, o país terá um sistema tributário moderno, enxuto e eficiente que mudará à economia do país. Não é o sistema perfeito, mas aquele possível de ser aprovado", declarou.

Publicações relacionadas