Lula defende cessar-fogo entre Hamas e Israel e apela pelas crianças | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Lula defende cessar-fogo entre Hamas e Israel e apela pelas crianças

Presidente voltou a se manifestar sobre a guerra e fez alerta para comunidade internacional

Publicado quarta-feira, 11 de outubro de 2023 às 11:08 h | Autor: Da Redação
Presidente voltou a se manifestar sobre a guerra e fez alerta para comunidade internacional
Presidente voltou a se manifestar sobre a guerra e fez alerta para comunidade internacional -

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a utilizar as redes sociais para comentar sobre a guerra entre o grupo Hamas e Israel. Na manhã desta quarta-feira, 11, o petista fez um apelo à comunidade internacional pelo fim da violação aos direitos humanos no conflito do Oriente Médio. 

Lula falou também sobre as crianças que estão sendo feitas de reféns pelo Hamas e solicitou a liberação dos israelenses que foram sequestrados durante o ataque sem precedentes registrado no último sábado. 

"É preciso que o Hamas liberte as crianças israelenses que foram sequestradas de suas famílias. É preciso que Israel cesse o bombardeio para que as crianças palestinas e suas mães deixem a Faixa de Gaza através da fronteira com o Egito. É preciso que haja um mínimo de humanidade na insanidade da guerra", disse Lula, lembrando da participação do exército de Israel em Gaza após os ataques do Hamas.

Ainda falando sobre crianças palestinas e israelenses, Lula pediu um cessar-fogo com urgência. "O Brasil, na presidência provisória do Conselho de Segurança da ONU, se juntará aos esforços para que cesse de imediato e em definitivo o conflito. E continuará trabalhando pela promoção da paz e em defesa dos direitos humanos no mundo", pontuou.

No último sábado, logo após os registros dos ataques, Lula se pronunciou nas redes sociais lamentando o atentado terrorista e pedindo pela união dos países em busca da criação de um Estado Palestino "economicamente viável" e convivendo de forma pacífica com Israel.

Lula também lamentou os falecimentos dos brasileiros Ranani Nidejelski Glazer e Bruna Valeanu, que foram vítimas da ofensiva do Hamas e não sobreviveram aos ferimentos. 

Primeiros repatriados

Na madrugada desta quarta-feira, 11, o primeiro avião da Força Aérea Brasileira (FAB) pousou em Brasília com os primeiros repatriados do conflito. Lula celebrou o resgate. "O primeiro voo com repatriados chegou hoje em solo brasileiro. Bem-vindos de volta", publicou. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS