Diretor da PF diz que “não vai sossegar” até encontrar mentores do 8/1 | A TARDE
Atarde > Política

Diretor da PF diz que “não vai sossegar” até encontrar mentores do 8/1

Segundo o chefe da corporação, os investigadores analisam o material apreendido durante a Operação Lesa Pátria

Publicado quinta-feira, 04 de janeiro de 2024 às 19:07 h | Autor: Da Redação
De acordo com o diretor da PF, os ataques apresentaram “dinâmica muito própria de um movimento organizado”
De acordo com o diretor da PF, os ataques apresentaram “dinâmica muito própria de um movimento organizado” -

O diretor da Polícia Federal (PF), Andrei Rodrigues, garantiu que as investigações sobre os atos antidemocráticos de 8 de janeiro vão chegar até os autores intelectuais dos ataque. Em entrevista à GloboNews, ele ainda afirmou que a investigação não tem prazo para acabar.

Segundo o chefe da corporação, os investigadores analisam o material apreendido durante a Operação Lesa Pátria, que podem trazer subsídios para identificar possíveis lideranças.

“Definir uma data [para conclusão do inquérito] seria temerário. O que podemos definir é nossa decisão de avançar até encontrar e desvendar todo esse cenário criminoso que aconteceu no 8 de janeiro. E isso envolve autores intelectuais, mentores, financiadores e pessoas que estavam ali em campo cometendo aquelas barbáries”, disse.

“Nós não vamos sossegar até encontrarmos e responsabilizarmos, apresentando todos à Justiça” finalizou.

De acordo com o diretor da PF, os ataques apresentaram “dinâmica muito própria de um movimento organizado”.

“Nós prendemos mais de 1.500 pessoas no dia seguinte. Naquela tarde, mais de 200 pessoas. Muito material apreendido está sendo analisado ainda. A gente está buscando essa conexão toda entre as pessoas que foram presas naquele dia”, pontuou. “Isso traz subsídios, e a gente vai cruzando informações para identificar quem eram responsáveis e se tinha alguma liderança nesse contexto”.

Publicações relacionadas