Suspeito de matar homem no Parque de Exposições tem prisão mantida | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Suspeito de matar homem no Parque de Exposições tem prisão mantida

Justiça converteu prisão em flagrante em preventiva na manhã desta terça-feira em audiência de custódia

Publicado terça-feira, 08 de agosto de 2023 às 12:29 h | Atualizado em 08/08/2023, 13:47 | Autor: Alessandro Isabel e Leo Moreira
Luis Tiago chegando para audiência de custódia na manhã desta terça-feira, em Salvador
Luis Tiago chegando para audiência de custódia na manhã desta terça-feira, em Salvador -

A Justiça baiana converteu a prisão em flagrante em preventiva do homem suspeito de ter matado a facadas, Uanderson Santos, de 26 anos, após um show de arrocha no último sábado, 6, no Parque de Exposições, em Salvador. A audiência de custódia de Luis Tiago Cavalcante da Silva, de 24 anos, aconteceu na manhã desta terça-feira, 8. O suspeito será transferido para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, depois de passar por exames de corpo de delito.

Durante a audiência , ele preferiu permanecer em silêncio. A advogada de defesa do suspeito, Jeane Gomes Ferreira, disse ao Portal A TARDE que o cliente pegou a faca para se defender e reaver seu aparelho celular que havia sido subtraído após ter sido agredido por Uanderson e um grupo de amigos.

Ela confirmou que a confusão envolvendo os dois foi motivada após Tiago conversar com a namorada de Uanderson."Ele disse em depoimento que saiu do banheiro e encontrou com uma menina [namorada da vítima] que ele disse ter estudado há um tempo. Conversou com ela e perguntou se ela lembrava dele. Ela disse que não. Logo em seguida, Uanderson também saiu do banheiro. Eles começaram uma discussão e, infelizmente, foram a vias de fato", contou a advogada.

Luis Tiago ainda contou para o delegado que ele estava na companhia de um amigo e Uanderson estaria com outras 4 pessoas. Durante a confusão, os amigos da vítima teriam pegado o aparelho celular e a carteira de Thago. A advogada salientou que Luis Tiago e o amigo procuraram a polícia e foram orientados e deixar o evento. Ainda segundo a defesa, Luis Tiago, que trabalha como motorista por aplicativo, deixou o amigo em casa e voltou para o evento com uma faca para tentar recuperar os pertences. Foi quando ele encontrou com Uanderson e durante outra briga, terminou golpeando e matando a vítima.

Equipes da Polícia Militar que faziam a segurança no entorno do evento identificaram o suspeito momentos após o homicídio, cometido na área externa do Parque. No momento da prisão, um policial acabou ferido ao ser atingido por uma garrafa atirada pela companheira da vítima, na tentativa de atingir o custodiado. Ela também foi contida e levada para a delegacia, mas foi liberada.

A família de Uanderson espera que Luis Tiago permaneça preso. "Ele saiu para se divertir com a namorada e não voltou mais. O cara esperou ele do lado de fora da festa para fazer isso", disse uma prima da vítima. O corpo de Uanderson foi sepultado nessa segunda-feira, 7.

A equipe do Portal A TARDE flagrou o momento em que o suspeitou chegou para audiência de custódia. 

 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS