Sequestrador que fez 17 reféns era foragido em regime semiaberto | A TARDE
Atarde > Brasil

Sequestrador que fez 17 reféns era foragido em regime semiaberto

A suspeita da polícia é de que ele estaria fugindo da facção criminosa da qual faz parte após desavenças

Publicado terça-feira, 12 de março de 2024 às 20:49 h | Autor: Da Redação
Paulo Sérgio de Lima, de 29 anos, se entregou à polícia no final do dia, após três horas de sequestro.
Paulo Sérgio de Lima, de 29 anos, se entregou à polícia no final do dia, após três horas de sequestro. -

O sequestrador que manteve 17 pessoas reféns dentro de um ônibus na rodoviário do Rio de Janeiro nesta terça-feira, 12, mora na favela da Rocinha e era foragido do regime semiaberto, desde 2022, com duas passagens por roubo a mão armada. Um das passagens foi em 2019, por um assalto em um ônibus.

Paulo Sérgio de Lima, de 29 anos, se entregou à polícia no final do dia, após três horas de sequestro. Segundo informações do secretário da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Luiz Henrique Marinho Pires, ele comprou uma passagem para Juiz de Fora (MG) antes de efetuar o crime. O criminoso entrou no ônibus e em determinado momento se sentiu ameaçado. Por conta disso, ele efetuou disparos contra um grupo de pessoas e deu início ao sequestro.

A suspeita é de que o criminoso estaria fugindo da facção criminosa da qual faz parte. De acordo com o secretário estadual de Segurança, Victor Cesar, o sequestrador estaria envolvido em disputas por território na Muzema, zona oeste do Rio, e tentou deixar o estado após desavenças dentro da facção que ele entrega.

A motivação do sequestro ainda está sendo investigada pelas forças policiais. Paulo Sérgio de Lima foi preso e levado para a 4ª Delegacia de Polícia (Praça da República).

Publicações relacionadas